Açúcar de Coco

Açúcar de Coco

Neste artigo os contamos 4 razões pelas que deverias trocar o açúcar do café pelo açúcar do coco.

O açúcar do coco está menos refinado

O açúcar de mesa é um alimento que extrai a partir de cana de açúcar ou da beterraba, e que quando chega a nossa mesa sofre um tremendo processo de refinado fazendo que este perda todos os nutrientes que contenham a sua matéria-prima em estado natural.

flow chart

Figura I. Flow Chart de produção do açúcar de mesa (Iryani et al., 2012).

O açúcar de coco é um adoçante tradicionalmente usado nos países do oriente médio em diversas receitas tradicionais da zona.

Recebe um tratamento muito menor, se obtém a partir da savia do coqueiro, conseguindo um xarope de savia de palma de coco que posteriormente se filtra, ferve, arrefece, se granula e se seca ao sol para obter um açúcar do coco com uma lata capacidade de dissolução na água, sem necessidade de adicionar excipientes ou utilizar solventes no processo.

Azúcar

Figura II. Açúcar de coco.

Conseguindo desta forma um açúcar similar em aparecia ao açúcar moreno da cana, mas com as suas  propriedades nutricionais originais muito melhor conservadas.

Possui um baixo índice glicémico

O índice glicémico é uma medida em unidade arbitrarias que designa a velocidade a qual a glicose dos hidratos de carbono que se consumem passa ao sangue.

O maior seja o índice glicémico mais rápido é o vaziado gástrico e, por tanto, mais rápido se absorvem os açúcares.

Esta é uma característica muito interessante para eleger as fontes de hidratos de carbono antes, durante ou depois dos treinos.

Embora, durante a maior parte do dia, consumir hidratos de carbono de alto índice glicémico produz elevações agudas nas concentrações da insulina, uma hormona peptídica que é muito lipogénica, ou seja, nos facilita a acumulação de gordura e cuja secreção continua dessensibiliza a captação da glicose nas células musculares, gerando resistência a insulina periférica.

Por isso é preferível alimentar-se à base de alimentos completos, menos refinados e com as propriedades da matriz alimentaria íntegras.

indice glicemico

Figura III. Classificação da FAO para as categorias de hidratos de carbono em função da sua índice glicémico (FNRI, s.f.).

Os ensaios que analizarão o índice glicémico do açúcar de coco encontraram que a ronda valores de 35 (Trinidad et al., 2010), pelo que é considerado um hidrato de carbono de baixo índice glicémico e se o comparamos com o seu equivalente que seria o açúcar de cana, que possui um índice glicémico que ronda os 60 podemos comprovar a diferencia.

comparativa-açúcar-coco-xarope

Figura IV. Índice glicémico comparativo em forma de AUC entre o açúcar de coco, xarope de coco, e o açúcar de mesa  (FNRI, s.f.).

Contém mais nutrientes

O processo de refinado ao que é submetido ao açúcar de mesa faz que perda todo o seu interesse nutricional, relevando um simples nutriente energético que pode ser utilizado por desportista para satisfazer suas necessidades.

O açúcar de coco graças ao seu estado mais integro conserva tanto nutrientes como fitonutrientes da matéria prima original.

Os macronutrientes estão isolados, práticamente a totalidade do produto são hidratos de carbono. Além de conter:

  • Mais ferro, zinco, cálcio, sódio e potássio que o açúcar de mesa.

nutrientes-comparação

Figura V. Comparação do conteúdo de ferro e zinco entre o açúcar moreno e o açúcar refinado (FNRI, s.f.).

  • Fibra procedente da inulina, um polisacárido da fructose, que não se difere e viaja até o cólon onde fermenta e possui produção de ácidos gordos de cadeia corta que tem as propriedades beneficiosas sobre a microbiota intestinal.
  • Altas quantidade de polifenoles, flavonoides, e antocianidinas; importantes fitonutrientes que possui efeitos protectores no organismo (antioxidantes, anti-inflamatórios, quelantes, hipocolesterolemiantes…)

efeitos sobre saúde

Figura VI. Efeitos sobre a saúde que tem associados o consumo de polifernoles a través da alimentação (Dayem et al., 2016).

  • Altas quantidades de propionato, um ácido gordo que foi vinculado em estudos in vitro a inibição da enzima HMG-CoA reductasa na rota da síntese do colesterol; podendo exercer um efeito hipocolesterolemiante ainda mais potente.

sintese colesterol

Figura VII. Representação gráfica da rota da síntese do colesterol no organismo a partir do acetil-CoA. Sinaliza a  enzima inibida pelo propionato.

Sabor

O sabor do açúcar de coco é parecido ao açúcar moscavo, mais com um toque de caramelo que lembra aos xaropes de arce categoria grau A tipo âmbar escuro.

açúcar-coco

Figura VIII. Açúcar de coco.

O açúcar de coco tem um sabor muito característico graças a grande densidade de compostos volátiles que podemos encontrar na sua composição.

O sabor do açúcar de coco foi definido em literatura como:

“Um adoçante com sabor a agradável caramelo e diferente com um toque a coco”

(Purnomo, 2007).

Açúcar de Coco da HSNfoods

açucar de coco hsn foods

HSN fabricou o seu primeiro produto à base de açúcar de coco.

Obtendo a partir de flores do coqueiro da agricultura ecológica, em cumprimento dos estandartes e regulações nos regulamentos  Nº 834/2007 e 889/2008 d Comunidade Europeia.

Certificando assim sua procedência e a qualidade das suas matérias-primas.

soil association organic

Figura IX. Selo “Soil Association Organic”, que estabelece as normas e os estandartes da Comissão Europeia que estabelece o regulamento anteriormente mencionado.

Posso tomar todo o açúcar de coco que eu queira?

A pesar de ser uma boa alternativa ao açúcar de mesa pelo seu maior conteúdo em nutrientes, o seu baixo índice glicémico e outros fatores que foram sido analisados anteriormente; o açúcar de coco continua sendo o caloricamente igual que o açúcar.

Neste sentido, sua composição de sacáridos está ligeiramente reduzida, o seu valor energético é praticamente idêntico ao do açúcar obtido a partir da cana ou da beterraba.

Pelo que o açúcar de coco deve ser um passo intermédio da evolução no processo de redução do consumo de açúcar diário.

Fontes Bibliográficas

  1. American Diabetes Association. (s.f.). Coconut Palm Sugar.
  2. Dayem, A. A., Choi, H. Y., Yang, G. M., Kim, K., Saha, S. K., & Cho, S. G. (2016). The anti-cancer effect of polyphenols against breast cancer and cancer stem cells: Molecular mechanisms. Nutrients, 8(9), 581.
  3. Food and Nutrition Research Institute. (s.f.). Beneficios nutricionales y sobre la salud del azúcar/sirope de la savia del coco.
  4. Iryani, D., Hirajima, T., & Sasaki, K. (2012). Overview of Indonesia Sugarcane Industry and Utilization of Its Solid Waste.
  5. Purnomo, H. (2007). Volatile components of coconut fresh sap, sap syrup and coconut sugar. ASEAN Food Journal, 14(1), 45–49.
  6. Trinidad, T. P., Mallillin, A. C., Sagum, R. S., & Encabo, R. R. (2010). Glycemic index of commonly consumed carbohydrate foods in the Philippines. Journal of Functional Foods, 2(4), 271–274.

Entradas Relacionadas

  • Qual é o melhor momento para consumir Hidratos de Carbono? Continua lendo.
  • Conheces os Benefícios do Eritritol? Descobre os aqui.
Avaliação do Açúcar de Coco

Menos refinado - 100%

Melhores propriedades - 100%

Menor índice glicémico - 99%

Melhor sabor - 100%

100%

HSN Evaluação: 5 /5
Content Protection by DMCA.com
Sobre Alfredo Valdés
Alfredo Valdés
Especialista e treino de fisiopatologia metabólica e nos efeitos biomoleculares da alimentação e o exercício físico, com os seus artigos, vai levar-te no complexo mundo da nutrição desportiva e clínica, de forma simples e desde uma perspectiva crítica.
Confira também
perolas tapioca
Tapioca, um aliado para as dietas livres de Glúten

A tapioca ganhou muita importância no mercado nos últimos anos devido a sua falta de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *