Alimentos ricos em proteínas para celíacos

Alimentos ricos em proteínas para celíacos

As pessoas celíacas diariamente enfrentam o problema de incluir na sua dieta os nutrientes que necessitam excepto aquelas que possuem glúten. Sem duvida, a questão dá-se quando querem seguir alimentos rico em proteínas para celíacos que permita conseguir os seus objetivos de um plano físico e desportivo. 

Por isso, neste artigo vamos a falar de quais são os alimentos mais ricos em proteínas para ti, se padeces da doença celíaca.

O que é exactamente a celiaquía?

inflamação intestino

Se observa uma representação de um intestino saudável, frente a um que esta sofrendo problemas que produz a celiaquía

Antes de nada queremos fazer uma breve introdução explicando, a grandes rasgos, em que consiste exactamente a celiaquía.

Em concreto, se trata de um processo de origem auto-imune que, ao contrario de lo que achávamos algum tempo, pode afetar a qualquer tecido do corpo, não só aos que formam parte do sistema digestivo.

Neste sentido, quando as pessoas que padecem tomam glúten, um conjunto de proteínas de pequeno tamanho que formam parte da farinha dos cereais de secano (trigo, cevada, aveia, centeno, etc.) produzem uma reação alergica que pode desembocar na inflamação do intestino delgado e na aparição de sintomas como a diarreia, a prisão de ventre e a distensão abdominal.

A celiaquía afecta ao intestino delgado. Esta porção do sistema digestivo conecta o estômago com o intestino grosso e consta de três partes: duodeno, jejuno e íleo.

O intestino delgado contém pequenas projecções similares aos dedos, denominadas vilosidades intestinais, os quais contém células especializadas que ajudam com a absorção dos nutrientes.

É precisamente a pouca ou ineficaz capacidade de absorção dos nutrientes a partir dos alimentos, o que  faz que as pessoas celíacas sofram outras patologías derivadas, como falta de vitaminas ou minerais, que conduz ao empeoramento da saúde e  debilitamento do sistema imune.

Alimentos Ricos em Proteínas para Celíacos

Celíacos que seguem uma dieta completa

Evidentemente, aquelas pessoas que, deixam de lado o que contém glúten, podem tomar qualquer alimento, não tem nenhum problema na hora de prover ao seu organismo da quantidade de proteínas que necessitam. O problema dá-se, como veremos um pouco mais a frente, quando, além de ser celíaco, se pratica o vegetarianismo ou o veganismo.

Os celíacos que não seguem uma dieta restrictiva podem comer peixe, carne, ovos e lácteos para obter as proteínas que necessitam para que o seu corpo realize a  síntese proteica e todas as funções que levam a ela. Basta com deixar de lado todos aqueles cereais que contém glúten e centrar em outros que possam exercer como substitutivo.

carne fonte proteinas celiaca

Carnes

As carnes aportam um conteúdo em proteína que oscila entre o 22-25%, sendo as chamadas carnes vermelhas  (boi, vaca…) as que oferecem a maior quantidade de gorduras, em especial as saturadas, em comparação com as carnes brancas (frango, peru, coelho…).

No obstante, a pesar da má reputação de certas gorduras, com um consumo moderado delas podemos obter um grande aporte nutricional em relação com ferro, ácido fólico e além disso as vitaminas do grupo B. As carnes brancas não aportam práticamente colesterol.

Peixes

Outra excelente fonte de proteínas, a qual se deveria ter em conta devido as propriedades nutricionais sobre tudo do peixe azul (salmão, atum…) e o seu importante aporte em ácidos gordos essenciais ómega 3, ácido docosahexaenoico (DHA) e acido eicosapentaenoico (EPA).

Estes elementos contribuem para melhorar a saúde, desde o ponto de vista de reduzir a inflamação, como apoio a saúde do sistema cardiovascular, e melhorar a função cognitiva.

Assim, os peixes aportam uma boa dose de proteínas, muito similar a carne, junto com as vitaminas e os minerais essenciais. Os peixes brancos (pescada, tilápia…) são muito baixo em gorduras, ou seja, o seu aporte em ómega 3 será nulo. Por tanto, se desejamos beneficiarnos destes ácidos gordos devemos aportar mediante a suplementação.

Ovos

Os ovos são um dos alimentos mais completos que existem. É utilizado como referência no sentido de estar no topo mais alto da lista de fonte de proteínas de maior biodisponibilidade (só por baixo da Whey ou Soro do leite). Os ovos oferecem um excelente aminograma, com um aporte médio de uns 6-8g de proteína por unidade, e uma quantidade adequadas de gorduras.

Embora se havia pensado com anterioridade na relação do ovo e o colesterol, o certo é que cada vez mais, os estudos demonstram o contrario.

ovo melhor fonte proteínas celíacas sem gluten

Lácteos

O leite e os seus derivados lácteos, como o iogurte, queijo… são umaperfeita fonte proteica, somente aquelas pessoas que sejam intolerantes a lactose deveram suprimir. No obstante existem leite sem lactose, e assim como o consumo de iogurte e queijo (sobre tudo curado) são alimentos fativeis para estas pessoas. O aporte de proteínas ronda em torno o 5-25% de acordo com o tipo do produto.

Suplementos de Proteínas

Este tipo de produtos são fontes proteicas,tal como as anteriormente mencionadas, e cumprem do mesmo modo para completar os requerimentos em faceta de proteínas diárias que são necessárias.

Uma das proteínas mais consumidas se trata do Concentrado de Proteína de Soro do Leite ou Whey Protein Concentrate, sendo uma extraordinária adquisição em relação preço/qualidade.

Outro dos tipos mais utilizados, sobre tudo por desportistas, é a Caseína, a proteína de absorção lenta, a qual é ideal para tomar se vamos passar um longo período sem consumir alimento ou outra fonte de proteínas,como por exemplo, antes de dormir.

Celíacos que seguem uma dieta vegetariana ou vegana

O primeiro que devemos dizer para aqueles que são vegetarianos celíacos que comem ovos e leite, os quais chamam-se  ovo-lácteo vegetarianos, não tem problemas para obter proteínas completas pois podem fazer a través destes dois alimentos. E é que, em geral, as proteínas que estes contém são exatamente iguais que as carne e o peixe.

O problema está no caso dos veganos pois este tipo de dieta exclui por completo qualquer tipo de alimento que venha de animais. Si a isto unimos a grande variedade de cereais que não podem tomar devido ao seu problema de intolerância ao glúten, obtemos como resultado uma dieta bastante restringida.

Além disso, muitos suplementos proteicos contém vestígios de glúten a pesar de que este ingrediente não forme parte da sua composição devido, em grande medida, a que se produzem em lugares em que si elaboram alimentos que sim possuem. Por tanto, se és celíaco e queres complementar a tua dieta com eles , assegura de que no rótulo especifica abertamente que esta livre de glúten a través de términos como, por exemplo, ‘Free Gluten’.

Então, se não deseja tomar suplementos alimentares à base de proteínas, onde podem encontrar as pessoas celíacas veganas magníficas fontes de proteínas de origem natural? Estes alimentos são a resposta a esta questão:

alimentos sem gluten lentilhas celíaco

Legumes

A soja (35%), as favas (26%), as lentilhas (23,2%) e o feijão (21,1%) são magníficos exemplos de legumes ricos em proteínas. Por isso, tem um papel imprescindível dentro da alimentação de qualquer celíaco que siga uma dieta vegana desportiva.

Isso sim, é imprescindível ter muito cuidado já que estão exposto a vestigios de glúten pois, em muitas ocasiões, os agricultores utilizam a mesma maquinaria para recolher os grãos de cereais como o trigo.

Um caso curioso é o dos amendoins, devido que várias pessoas pensam que se trata de frutos secos, quando na verdade pertence a família os legumes. De tal modo, é uma excelente fonte de proteínas, e assim outros importantes nutrientes para as pessoas celíacas, além de veganas. Se podem consumir o fruto directamente ou bem mediante manteigas.

Frutos secos

As amêndoas (18,7%), os pistachos (17,65%), os cajus e as nozes (17,2%) são os frutos secos com maior quantidade de proteínas na sua composição. Além disso, estão completamente livres do glúten e supõem uma dose extra de energia ideal para a prática desportiva.

Cereais

Já sabes que o trigo, a cevada e o centeio estão fora da discussão pois sabemos que contém glúten. Embora, ao contrario do que muitos celíacos pensam, existem cereais que sim podem comer e que contém grandes quantidades de proteínas. É o caso, por exemplo, da quinoa (9%) e o amaranto (8%).

ervilhas alimento proteina sem gluten

Vegetais

Os vegetais não constituem uma grande fonte de proteínas, embora não resultam depreciáveis em alguns casos. Além disso, são indispensáveis para a dieta.

Neste sentido, as ervilhas frescas (7%), o alho (6%) e a couve-de-bruxelas (4%) o brócolos (3,6%) sãos os melhores exemplos.

Combinação de Proteínas Veganas

As proteínas de origem vegetal não possuem o mesmo valor nutricional que os animais devido que costumam ser deficientes em alguns aminoácidos. Por isso, devem de complementar entre si para obter proteínas completas (lentilhas e arroz, por exemplo). Em qualquer caso, se queres saber mais, da uma vista de olhos no nosso artigo sobre proteínas para veganos pois pode resultar de grande ajuda para entender melhor.

Conclusões

Em definitiva, as pessoas celíacas, já sejam veganas ou não, tem a sua disposição uma grande quantidade de fontes de proteínas que podem ser usadas para conseguir os seus objetivos.

Recordar brevemente que a OMS recomenda 0,8 gramas de proteínas ao dia por cada quilo que se pese, se bem é certo que quem pratica desporto de forma habitual podem aumentar esta dose entre 1,8 e 2,5 gramas.

Em qualquer caso, a carne, o peixe, os ovos, o leite, os legumes, os vegetais e os frutos secos, assim como determinados tipos de cereais, são perfeitamente aptos para os celíacos. Pois não contém glúten e aporta, todas as proteínas que o organismo necessita.

Entradas Relacionadas

Avaliação Alimentos Ricos em Proteínas para Celíacos

Celiaquía - 100%

Dentro de dietas normais - 100%

Em dietas Veganas e Vegetarianas - 98%

Conclusões - 100%

100%

HSN Evaluação: Nenhuma avaliação ainda!
Content Protection by DMCA.com
Confira também
whey protein
Hydrolysed Whey Protein ou Proteínas Hidrolisadas de Soro

As Proteínas Hidrolisadas de Soro ou Whey Protein Hydrolyzed (WPH) caracterizam-se do resto de proteínas …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *