Cavalinha: O que é, Para Que Serve, Benefícios e Propriedades Medicinais

Cavalinha: O que é, Para Que Serve, Benefícios e Propriedades Medicinais

A cavalinha pertence à família das equisetáceas (Equisetaceae), sendo possivelmente o último espécimen que descende destas plantas, cujos origens datam de milhões de anos. O nome adoptado como “Rabo de Cavalo”, foi estabelecido devido às semelhanças que encontram-se a nível visual, precisamente, com o rabo de cavalo.

O que é a Cavalinha?

A cavalinha é, hoje em dia, umas das ervas medicinais mais completas e consumidas. Tratar-se de uma planta perene que encontra-se perto das áreas aquosas como corregos, riachos ou rios. A cavalinha cresce nas zonas mornas no hemisfério norte de Ásia, Europa, Norte América e África do Norte. Floresce onde pode se enraizar na água o no chão de barro. Possui uma grande quantidade de propriedades terapêuticas, principalmente destaca pelos seus efeitos depurativo e no cuidado da pele. Entre suas principais propriedades podemos destacar: Anti-sépticas, Anti-inflamatórias, ou Anti-Aging (anti-envelhecimento).

O que é a cavalinha

Esta planta antiga encontra-se principalmente no hemisfério norte e possui dois tipos de caules: um mais pequeno e fértil, com uma espiga de esporas no extremo; e outro estéril, verde, furado e mais comprido, que é o que se utiliza pelas suas propriedades medicinais.

Clica aqui para conhecer as Propriedades Medicinais da Cavalinha

Da onde provém a Cavalinha?

Poderíamos dizer que trata-se de uma planta pré-histórica, ou seja, podemos estar convivendo com um tipo de erva que já existia na época de nossos antepassados. A cavalinha é uma erva perene, ou seja, “volta ano trás ano”. No tem um sistema de crescimento anual, onde as plantas são mantidas pelos pequenos tubérculos possuem um sistema extensivo de raízes rastreio que pode crescer no chão à profundidades incríveis.

Cavalinha, Oque e

A Cavalinha é uma planta ancestral

Características da Cavalinha

Este tipo de erva caracteriza-se por não ter folhas ou flores. O crescimento da planta manifesta-se com o de seus caules, realizando-se em duas fases: em primeiro lugar, se produz o nascimento do caule fértil, na época de primavera, até que murcha, e dá começo à segunda fase ou etapa, com o crescimento de quais são estéreis. Esta acontece durante a época estival, e é este caule que se vai colher para usar as suas propriedades.

planta cavalinha

A Cavalinha reproduz-se através de esporas, não de sementes, algo pouco comum no resto de plantas.

Composição da Cavalinha

Existe una alta riqueza de substâncias que podemos encontrar nesta esplêndida planta. Entre estas substâncias destacam:

  • Minerais: silício, potássio, alumínio, manganês
  • Fitonutrientes: saponinas, fitoesteróis, ácido fenólico, ácido cafeico, alcaloides, taninos, e bioflavonoides.

talo da cavalinha

Para que serve a Cavalinha?

O uso medicinal da Cavalinha remonta-se à época romana e grega, onde se utilizava como tratamento para as feridas, devido às suas propriedades cicatrizantes, impedindo o sangrado da pessoa. Graças a isto, era um remédio para evitar a anemia, a qual basicamente se produz por baixos níveis de ferro como resultado de perca de sangue, produzindo um estado de debilidade geral.

Também podia tratar os casos de úlceras, pedras de rim e inflamação. 

A elevada presença de silício contribui com o cuidado do tecido ósseo, aumentando a fixação armazenamento de cálcio, para a seu posterior uso na reparação de ossos, colagénio e demais tecidos do sistema cartilaginoso e articular, e incluso fortalecer unhas e cabelo. De fato, a cavalinha, ao ser uma excelente fonte de silício pode combater a osteoporose.

Propriedades da Cavalinha

Terapêuticas

A cavalinha apresenta um enorme abanico de acções terapêuticas dado que os seus caules são ricos em sais minerais como o selênio e o potássio e contém ainda vários flavonoides e alcaloides. Isto converte-a num grande depurativo e diurético natural, permitindo em alguns casos o aumento da secreção de urina num 30%. Por este motivo, costuma ser utilizada para melhorar os problemas de retenção de líquidos, infecções urinárias, cálculos renais e também obesidade.

cavalinha retencao de liquidos

Saúde Óssea

Outro dos benefícios desta planta é que ajuda a fortalecer e remineralizar os ossos. Isto deve-se ao seu conteúdo de silício, mineral que facilita a fixação do cálcio, permitindo ao corpo armazenar-lo em maior quantidade e regenerar ou fortalecer o sistema ósseo. A cavalinha é ideal para melhorar o estado das pessoas com fracturas, osteoporose, roturas de ligamentos ou distensões musculares.

Cicatrizante

Para além disso, a cavalinha é um bom remédio para deter hemorragias e tem um grande poder cicatrizante. Possui os ácidos péctico e gálico, que a dotam de propriedades hemostáticas e convertem-na numa boa alternativa em situações de sangrados nasais, metrorragias, sangrados uterinos, hemorróides sangrantes, entre outros.
cavalinha como cicatrizante

Benefícios da Cavalinha

Os benefícios da cavalinha não se esgotam, não só tem propriedades curativas se não que ainda, é utilizada para realizar vários tratamentos estéticos.

Apoio ao sistema imune

Dadas suas propriedades anti-bacterianas e anti-sépticas, o extracto de esta planta pode proteger da invasão ou ataque externo procedentes de patógenos e outras substancias que puderam comprometer o sistema imunológico. Este fato faz-se realmente efectivo em determinados casos, como encontrares convalescente e se recuperando de uma doença o infecção, o qual costuma debilitar nosso sistema de defesa.

Aliviar a inflamação

Adicionar cavalinha, como complemento, pode resultar interessante se padece algum tipo de patologia que produz inflamação, tal como a artrite ou gota, que gera inflamação e dor. Graças aos compostos naturais analgésicos presentes nesta erva pode-se acalmar rapidamente estas dores.

tratamento de cavalinha

Emagrecer

Como mencionamos anteriormente, a condição diurética desta planta converte-a numa muito boa receita para perder peso e para combater a celulite. Tomar chás de cavalinha colabora com os planos de emagrecimento contra a retenção de líquidos e também ajuda a eliminar toxinas.

Cabelo e Unhas

Consumir cavalinha também tem vários pontos a favor à hora de cuidar do cabelo e prevenir o aparecimento, tanto dos cabelos brancos, como da calvície. Pelo seu conteúdo de silício, é uma boa fórmula para melhorar a força do cabelo, prevenir a queda do cabelo e o aparecimento de caspa. Este mineral também beneficia o cuidado das unhas frágeis e quebradiças, fortalecendo-as e impedindo que se partam com facilidade. É ainda um regenerante natural, o que o torna num excelente método para tratar as estrias.

cuidado pele cavalinha

Pele

Mas não acaba aqui, a cavalinha é muito eficaz para tratar os sintomas da pele, dadas as suas propriedades adstringentes costuma ser utilizada para combater o acne, eczemas e dermatite.

Problemas Respiratórios

Aquelas pessoas que sofrem habitualmente com problemas relacionados com o sistema respiratório e que tem congestão ou resfriados frequentes, poderiam estar interessadas em tomar chá de cavalinha como remédio natural e aliviar los sintomas. Actua como expectorante, limpando a mucosidade e catarro, onde vivem as bactérias. Pode diminuir ou incluso eliminar a tosse e a irritação de garganta.

remédio natural cavalinha

Como consumir a Cavalinha?

Existem diferentes maneiras de utilizar a cavalinha:

  • De modo externo,lavando o cabelo, aplicando sobre as zonas afectadas.
  • De modo interno, através de chás e/ou suplementos de cavalinha.
  • Suplementos de cavalinha, seguindo as instruções de uso de cada produto.

Na Ásia, a cavalinha se adiciona as verduras cozidas em forma de brotes num prato que se considera todo um manjar.

A cavalinha se usa também no cultivo ecológico e a agricultura biodinámica para enriquecer o chão com silício, e melhor mais o cultivo das plantas.

cha de cavalinha

Contraindicações da Cavalinha

Tomando na forma recomendada não se apreciam os efeitos secundários.

Em tal caso de tomar este composto em doses excessivas ou durante um tempo mais prolongado do recomendado, podem aparecer alguns sintomas, como dor de cabeça, problemas digestivos, febre, perda de apetite ou arritmias.

As pessoas que sofrem diabete, problemas de rins ou outras doenças devem solicitar informação ao médico antes de tomar este composto.

Não tomar cavalinha em caso de gastrite, acidez estomacal ou ulceras gastroduenais. Também não se recomenda em pessoas com problemas cardiovasculares. Antes de tomar cavalinha devem consultar o médico.

Não se recomenda em caso de padecer problemas de alcoolismo ou se está tomando remédios com propriedades antiinflamatórias como aspirinas.

Também não deve tomar em caso de tomar laxantes e diuréticos.

Gravidez

A cavalinha está contraindicada para as grávidas, lactantes e crianças.

Comprar Cavalinha?

Na HSN pode comprar os melhores suplementos e complementos de cavalinha sempre ao melhor preço.

Chá de Cavalinha

Para realizar uma boa infusão de cavalinha é necessário:

  • Aquecer água até ferver
  • Colocar duas ou três colheres da planta seca (ou uma saqueta de cavalinha) numa chávena. Se se deseja realizar uma infusão mista, é possível juntar-lhe tília ou sabugueiro.
  • Colocar a água quente sobre a planta, tapar imediatamente e deixar repousar alguns minutos para que não se evaporem os óleos que contêm as principais propriedades da cavalinha.
  • Passar e ingerir em pequenos goles.

cha cava

É importante realçar que não se recomenda ingerir mais de duas chávenas diárias, nem consumir cavalinha durante um tempo demasiado prolongado já que pode produzir a perda de potássio no corpo. Além disso, recomenda-se evitar-la durante a gravidez, amamentação, pessoas com diabetes, hipopotasemia e problemas cardíacos.

Fontes Bibliográficas

Artigos Relacionados

apreciação Cavalinha

Combate a Retenção de Líquidos - 100%

Fortalecimento de Cabelo e Unhas - 100%

Cuidado da Pele - 100%

Fortalecimento do sistema Imune - 100%

Redução da Inflamação - 100%

100%

HSN Evaluação: Nenhuma avaliação ainda!
Content Protection by DMCA.com
Sobre Melanie Ramos
Melanie Ramos
A través do Blog da HSN, Melanie Ramos expõe os conhecimentos e os conteúdos mais actuais, ao alcance dos leitores que procuram aprender.
Confira também
Berberina
Berberina: Um tratamento terapêutico polivalente

A berberina não é líder no ranking dos medicamentos terapêuticos mais conhecidos, para que é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *