Multivitamínicos Especial para Homens

Multivitamínicos Especial para Homens

Neste artigo vamos falar dos Multivitamínicos Especial para Homens:  quais sãos as suas propriedades ? por que um suplemento específico para o sexo masculino?

Por que utilizar um multivitamínico específico

A maioria dos multivitamínicos que encontramos no mercado foram desenvolvidos com várias vitaminas e minerais genéricos, úteis para o seu uso tanto por homens como por mulheres.

Indistintamente das suas necessidades nutricionais, as guias estabelecem as ingestas diárias de nutrientes estabelecidas pela comissão europeia onde não se fazem diferenças entre sexos.

valores comissão

Figura I. Valores de referência de nutrientes para adultos.

Então os homens e as mulheres devem consumir as mesmas vitaminas e minerais? Sim, más talvez não nas mesmas quantidades.

Recomendações para homens

Certas entidades de saúde mundial como o IoM americano estabeleceram as recomendações ligeiramente diferentes entre sexos, já que na maioria dos nutrientes requerem quantidades mais altas que das mulheres:

dris vitaminas

Figura II. DRIS de vitaminas em função do intervalo de idade e sexo. Em vermelho destacadas algumas diferencias entre homens e mulheres do mesmo intervalo de idade.

Metabolismo basal em ambos sexos

Isto se deve em grande media a maior quantidade da massa magra que possui os homens frente as mulheres, o que está diretamente relacionado com o gasto metabólico em repouso.

correlação magra

Figura III. Correlação positiva entre kg de massa livre da gordura (eixo X) e gasto metabólico em repouso (eixo Y). A mais a massa magra, mais taxa metabólica.

Mesmo estandardizando a massa livre de gordura, os homens possuem um maior gasto metabólico que as mulheres, certos mecanismos que regulam os processos REDOX do organismo estão sobre-expressados nos homens.

graficas gasto energetico

Figura IV. Diferencias no gasto energético em repouso entre homens e mulheres (A) e após de ajudar a variável “massa magra” para evitar a sua influencia nas medições (B). Os homens tem um maior RMR que as mulheres independentemente da sua massa magra.

Devemos adaptar as necessidades

O gasto metabólico é o resultado de uma grande quantidade de processos que libertam energia e perde a forma de calor.

Em estes processos participam diversas vitaminas, minerais e elementos e vestígios; a estes elementos os chamamos “co-fatores de reações”.

Bem, pois como os homens tem um “metabolismo acelerado” respeito as mulheres, necessitam mais co-factores e, por tanto, maior ingesta de vitaminas e minerais.

Como é lógico, certos multivitamínicos podem carecer as quantidade suficientes de certos nutrientes para abrir o espectro ao máximo número de consumidores possíveis sem riscos.

ciclista

HSN traz uma grande novidade, atenção.

Ultimate Men’s Multi

Nasce Ultimate Men’s Multi para satisfazer as necessidades específicas de micronutrientes dos homens mais exigentes.

distribuição ingesta

Figura V. Distribuição da ingesta de nutrientes observada, os seus pontos de corte e sua relação com transtornos por infra- ou sobre- consumo.

É o multivitamínico-multimineral mais completo para aqueles que procuram um produto que fornece a quantidade necessária de nutrientes para satisfazer os seus requerimentos diários.

ultimate-mens multi

Figura VI. Ultimate men’s multi.

  • Neste produto encontraras uma alta concentração de vitaminas, minerais e oligoelementos.
  • Além disso de extratos de ervas de grande concentração especificamente seleccionados para fazer as necessidades específicas que apresentam os nomes.

Foi desenvolvido pensado no propósito de um multivitamínico

Actuar como suporte nutricional e suplemento para sujeitos com altas necessidades energéticas ou dietas pobres em micronutrientes .

O que contém Ultimate Men’s Multi?

Ultimate Men’s Multi foi formulado com um espectro completo de vitaminas.

Todas com quantidades suficientes para satisfazer as ingestas dietéticas recomendadas (salvo a vitamina K que fornece o 53% das VRN pela sua alta predominância nos alimentos de uso geralizado).

Além das vitaminas, Ultimate Men’s Multi contém minerais como o zinco e elementos com vestígios como iodo ou o selénio, especialmente seleccionados pelos seus mecanismos de acção sobre o metabolismo dos homens.

Contém ácidos gordos como o ácido Alfa-Lipoico; coenzima Q10, colina e inositol (consideradas como pseudovitaminas pelo seu carácter nutricional e o rol que possuem o organismo) além disso de uma serie de extratos de ervas.

Entre os nutrientes que contém podemos destacar uma seleção dos seguintes pelo seu alto grau de especialidade aos homens:

  • Zinco
  • Iodo e Selénio
  • Colina
  • Coenzima Q10
  • Saw Palmetto
  • Resveratrol
  • Sementes de uva

treino homem

Zinco

O zinco é um mineral essencial que cumpre vários roles no mantimento metabólico do organismo.

Um dos efeitos que mais interessa aos homens sobre o zinco na sua propriedade para aumentar as concentrações de testosterona, já que esta hormona está diretamente relacionada com um desempenho sexual saudável e aumentos da quantidade de massa muscular.

A relação entre o zinco e o equilibro do sistema androgénico é complexa, já que se deve atender a vários processos como a conversão do colesterol a hormonas sexuais e os domínios do zinco nos receptores celulares.

Deficiências do zinco se associaram a diminuições nas síntese da testosterona e a resposta metabólica a testosterona circulante (por diminuição da afinidade ao receptor androgénico).

Estudos do século passado, onde os comités de ética era menor, permitiram comprovar que as concentrações de testosterona dos homens diminuíam drasticamente quando era submetidos a uma restrição dietética da ingesta de zinco e as concentrações de este mineral no organismo estavam alteradas.

consumo zinco

Figura VII. Relação entre as concentrações leucocitarias de zinco e testosterona ao começar, após 8 e 20 semanas de severa restrição dietética de zinco.

A eficacia do zinco sobr eo mantimento das concentrações da testosterona foi  validada por entidades máxima da autoridade como o IoM e a EFSA, pelo que o seu uso esta completamente justificado; mais ainda tendo em mente que em dose moderadas (240mg de sulfato de zinco ao dia) é capaz de aumentar as concentrações de testosterona em homens eugonadales (ou seja, sem transtornos testiculares).

efeitos zinco

Figura VIII. Efeitos do consumo do Zinco antes (azul) e após 50 dias (verde) sobre a densidade de espermatozóides, concentrações do zinco e testosterona.

Tudo o que tens que saber sobre o Zinco e a Testosterona em este link.

Iodo e Selénio

Parte do nosso gasto energético diário está, regulado pelo nosso metabolismo tireóideo.

Alterações na síntese de hormonas tireóideas (hipotiroidismo clínico ou subclínico) conduz a um agravamento geral do estado de saúde e diminuições na taxa metabólica basal.

O iodo é um elemento essencial no metabolismo tiróideo, já que atúa como precursor da síntese das hormonas activas.

sintese endogena

Figura IX. Mecanismo simplificado da síntese endógena de hormonas tireóideas.

Encarrega de iodinar a tirosina para formar MIT, DIT que posteriormente unem para a hormona activa (T3).

O selénio é um elemento estructural básico de certas selenoproteínas como a deiodinasa iodotironina que se encarrega de transformar a prohormona T4 a hormona activa T3.

Deficiências destes elementos levam a alterações na síntese de hormonas tireóideas e alterações hormonais nos homens.

Pelo que é importante assegurar o seu consumo sabendo que a principal fonte de iodo dietético é o sal yiodado e muitas pessoas não a utiliza.

homem desportista

Colina

A colina é um nutriente essencial envolvido em vários processos do organismo; principalmente:

  • Na síntese de neurotransmissores (acetilcolina).
  • Nos processos de transmetilação (a través da trimetilglicina).
  • Integrando as membranas lipídicas das células (em forma de fosfatidilcolina).
  • Contribuindo a absorção das gorduras (graças presença de fosfatidilcolina na bílis).

A colina é necessária para o mantimento do equilibro do organismo, e a sua deficiencia esta associada a alterações no normal funcionamento cognitivo, transtornos hepáticos (NAFLD e hepatoesteasosis), aumentos nas concentrações da homocisteína com o subsequente aumento do risco de sofrer um evento cardiovascular potencialmente letal…

Deves consumir suficiente colina para manter um bom estado de saúde neurometabólica.

Coenzima Q10

A coenzima Q10 é uma quinona que no organismo atúa como catalizador da cadeia de transporte de eletrões e participa na respiração mitocondrial, pelo que é essencial para obter energia a partir do sistema oxidativo, sim,estou a falar com vocês, desportistas de endurance.

Além disso, coenzima Q10 está vinculada ao normal funcionamento do tecido muscular.

Não somente o músculo cardíaco , que sabemos que as reduções de coenzima Q10 afectam significativamente o seu funcionamento, más também o esquelético, já que a redução da coenzima Q10 conduz ao aparecimento de mialgias e fadiga.

O exercício físico reduz a coenzima Q10, pelo que os desportistas devem prestar especial atenção ao consumo deste nutriente.

Além disso, suplementar com coenzima Q10 foi associado a aumento das suas concentrações testiculares, maior densidade e mobilidade dos espermatozoides; podendo melhorar a fertilidade masculina, um de cada cinco intentos insatisfeitos de concepção.

efeitos Coezima

Figura X. Diagrama de bosque onde mostram os efeitos do consumo da Coenzima Q10 sobre as concentrações dos espermatozóides no sémen e a sua mobilidade. Para a direita indica efeitos positivos.

Saw Palmetto

Não vou alongar muito este artigo, pois já tens outro artigo onde falo especificamente deste aspecto que podeis ler aqui.

Más os ácidos gordos do saw palmetto mostraram exercer uma função inibidora da enzima 5-alfa-reductasa, controlando a redução da testosterona a DHT e podendo possuir efeitos positivos sobre:

  • A hiperplasia benigna de próstata.
  • LUTS (sintomas do aparelhos urinário, como a dor no momento de urinar em adultos).
  • Alopecia androgénica.
  • Potencia sexual (por inibição parcial das fosfodiesterasas-5, permitindo uma maior concentração de óxido nítrico e por tanto um maior fluxo do sangue par ao pene).

pesos

Resveratrol

É um estilbenoide que foi vinculado a importantes efeitos antioxidantes, anti-inflamatórios e neuroprotectores em modelos in vivo, e actualmente está postulado como um dos maiores nutrientes com efeitos antiaging que existem pela sua interacção com as fosfodiesterasas, a proteína AMPK e SIRT1.

mecanismo biomolecular

Figura XI. Mecanismo biomolecular simplificado que explica as interacções do resveratrol com dianas anti- e pro-inflamatórias e os efeitos sobre a saúde.

Para aprofundar mais sobre o Resveratrol convidamos a que a dês uma vista de olhos a este post.

Extrato de Sementes de Uva

Muito ricas em proantocianidinas que manifestam um efeito positivo sobre:

  • O metabolismo da glicose (melhorando a sensibilidade a insulina)
  • O metabolismo dos lípidos (reduzindo o LDL-c e aumentando o HDL-c).
  • Aumentando a biodisponibilidade intracelular de óxido nítrico ao fazer frente a sobreprodução de superóxidos por parte de NOS.

proantocianidinas antocianinas

Figura XII. Efeitos do consumo de proantocianidinas e antocianinas sobre o metabolismo da glicose e os lípidos.

Ou seja, atua como um agente de blindado da saúde cardiometabólica podendo melhorar a circulação e possilvemente reduzir a pressão sanguínea, embora para concluir isto se necessitam mais estudos em humanos.

Referências Bibliográficas

  1. Arciero, P. J., Goran, M. I., & Poehlman, E. T. (1993). Resting metabolic rate is lower in women than in men. Journal of Applied Physiology (Bethesda, Md. : 1985), 75(6), 2514–2520.
  2. BS DJHMB. Androgen Physiology, Pharmacology and Abuse. [Updated 2016 Dec 12]. In: Feingold KR, Anawalt B, Boyce A, et al., editors. Endotext [Internet]. South Dartmouth (MA): MDText.com, Inc.; 2000-.
  3. EFSA Panel on Dietetic Products, N. and A. (NDA). (2010). Scientific Opinion on the substantiation of health claims related to zinc and maintenance of normal skin (ID 293), DNA synthesis and cell division (ID 293), contribution to normal protein synthesis (ID 293, 4293), maintenance of normal serum testosterone concentrations (ID 301), “normal growth” (ID 303), reduction of tiredness and fatigue (ID 304), contribution to normal carbohydrate metabolism (ID 382), maintenance of normal hair (ID 412), maintenance of normal nails (ID 412) and contribution to normal macronutrient metabolism (ID 2890) pursuant to Article 13(1) of Regulation (EC) No 1924/2006. EFSA Journal, 8(10), 1819.
  4. EFSA Panel on Dietetic Products, N. and A. (NDA). (2011). Scientific Opinion on the substantiation of health claims related to choline and contribution to normal lipid metabolism (ID 3186), maintenance of normal liver function (ID 1501), contribution to normal homocysteine metabolism (ID 3090), maintenance of normal neurological function (ID 1502), contribution to normal cognitive function (ID 1502), and brain and neurological development (ID 1503) pursuant to Article 13(1) of Regulation (EC) No 1924/2006. EFSA Journal, 9(4), 2056.
  5. Habib, F. K. (1978). Zinc and the steroid endocrinology of the human prostate. Journal of Steroid Biochemistry, 9(5), 403–407.
  6. Kruger, M. J., Davies, N., Myburgh, K. H., & Lecour, S. (2014). Proanthocyanidins, anthocyanins and cardiovascular diseases. Food Research International, 59, 41–52.
  7. Kyung Won Chung, Sook Young Kim, Wai-Yee Chan, & Rennert, O. M. (1986). Androgen receptors in ventral prostate glands of zinc deficient rats. Life Sciences, 38(4), 351–356.
  8. Lafuente, R., González-Comadrán, M., Solà, I., López, G., Brassesco, M., Carreras, R., & Checa, M. A. (2013). Coenzyme Q10 and male infertility: A meta-analysis. Journal of Assisted Reproduction and Genetics, 30(9), 1147–1156.
  9. Lei, K. Y., Abbasi, A., & Prasad, A. S. (1976). Function of pituitary gonadal axis in zinc deficient rats. American Journal of Physiology, 230(6), 1730–1732.
  10. McEwan IJ, Brinkmann AO. Androgen Physiology: Receptor and Metabolic Disorders. [Updated 2016 Jun 12]. In: Feingold KR, Anawalt B, Boyce A, et al., editors. Endotext [Internet]. South Dartmouth (MA): MDText.com, Inc.; 2000-.
  11. Netter, A., Nahoul, K., & Hartoma, R. (1981). Effect of zinc administration on plasma testosterone, dihydrotestosterone, and sperm count. Systems Biology in Reproductive Medicine, 7(1), 69–73.
  12. OM, A.-S., & Chung, K.-W. (1996). Dietary Zinc Deficiency Alters 5α-Reduction and Aromatization of Testosterone and Androgen and Estrogen Receptors in Rat Liver. The Journal of Nutrition, 126(4), 842–848.
  13. Prasad, A. S., Mantzoros, C. S., Beck, F. W. J., Hess, J. W., & Brewer, G. J. (1996). Zinc status and serum testosterone levels of healthy adults. Nutrition, 12(5), 344–348.

Entradas Relacionadas

Avaliação Multivitamínicos Especial homens

Por que específico - 100%

Benefícios - 100%

Composição - 98%

Recomendações - 100%

100%

HSN Evaluação: 5 /5
Content Protection by DMCA.com
Sobre Alfredo Valdés
Alfredo Valdés
Especialista e treino de fisiopatologia metabólica e nos efeitos biomoleculares da alimentação e o exercício físico, com os seus artigos, vai levar-te no complexo mundo da nutrição desportiva e clínica, de forma simples e desde uma perspectiva crítica.
Confira também
Multivitaminico Mulher
Multivitamínicos Especial Mulheres

Hoje vamos falar dos Multivitamínicos Especial Mulheres,  quais são as suas características especiais ? Por …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *