Passiflora: Descobre os Benefícios Naturais desta Planta

Passiflora: Descobre os Benefícios Naturais desta Planta

Neste post  falaremos de um dos super remédios naturais, a Passiflora e os seus benefícios.

Dentro da linha do natural e orgânico, os remédios naturais utilizados pelos nossos antepassados voltaram como tendência na nossa sociedade atual.

Queremos contribuir para a boa saúde dos nossos leitores, por isso vamos falar neste post de informação muito útil e vamos a dar dados importantes, para conseguir uma melhor qualidade de vida.

Para todos não é segredo que a industria farmacêutica é um monstro multimilionário que produz – em muitos casos soluções realmente eficazes para combater uma grande quantidade de doenças.

Embora, também somos conscientes que existem soluções naturais para alguns mau-estar, o que nos permite reduzir o impacto impacto que as fórmulas químicas produzem no nosso organismo.

Toda moeda tem duas caras, falaremos  a través de várias caras orgânicas da medicina, detalhando as propriedades e benefícios de certas ervas, flores e plantas na nossa saúde.

O que é a Passiflora?

Vamos lembrar como foi descoberto este remédio mágico natural.

A Passiflora Incarnata ou conhecida como Pasionaria, é uma espécie de trepadeira perenne com um tamanho que pode superar os 8 metros.

As flores desta liana possui fascinantes cores que dão uma aparncia exótica além disso as suas pétalas desprendem de um delicioso aroma.

flor passiflora

As pétalas são grandes, parecem pintadas por um pinto com linhas vermelhas, laranja, lilás e amarela

Quando falamos do seu descobrimento no Perú, na verdade esta planta é original do México más ultrapassou fronteiras e há plantação no Brasil e nas Antilhas.

Variedades

A Passiflora tem mais de 400 espécies de cepas e podem encontrar nas zonas semitropicais da América do Sul e do Norte; embora, é o Amazonas onde podemos encontrar as mais comuns, a passiflora edulis e passiflora Incarnata.

Fruto

A trepadeira da um fruto do tamanho de um limão (fruta da paixão) a qual se chama maracujá.

Pode ser púrpura ou amarela.

A sua Polpa era usada como desinfetante, embora o seu centro é comestível e se utiliza para sumos, marmelada e gelados.

Historia

Foi descoberta quando os conquistadores espanhóis chegaram a Perú em 1569.

Os exploradores ficaram impactados pela beleza desta linda planta e especialmente pela estranha forma do seus flores, uma espécie da cruz no seu eixo central.

Dizem que os espanhóis deram um significado simbólico a esta trepadeira, creiam que era a “benção de Deus” a sua busca do Dourado.

historia passiflora

Por isso colocaram o nome de Flor da paixão ou Pasionaria.

Embora eles acabavam de descobrir, os nossos antepassados conheciam muito bem esta planta, pois os nativos Incas e Aztecas experimentavam com as propriedades de Passiflora, o seu efeito para combater a insónia.

Principal Propriedade

Um estudo cientifico de 2017 del Nation Institute of Health, confirmou que o extrato de Passiflora Incarnata, induz a um sono reparador.

Este informe nos mostra que além da sua propriedade calmante relaxa o corpo das tensões do dia, calma a ansiedade e os nervos, o que faz que o que ingera durma placidamente.

Componentes da Passiflora

Esta erva milagrosa está composta por:

  • Alcalóides (em dose muito baixas);
  • Glucósidos e flavonóides antioxidantes;
  • Malto, que é precisamente o ingrediente sedante da mata.

Assim mesmo científicos conseguiram descobrir nesta planta outro componentes como: alfa-alanina, cumarina, ácido A e D, ciclopassifloicos, glutamina, edulan I e II, malonato, ginocardina, arabine.

Também contém passicol, lucenin2, loturinq, Ka empferol, harmina, isovitexina, ácidos passifloric rafinosa, estigmasterol, sitosterol, orientina, prunasina, pectina, serotonina, sambunigrina, só para mencionar algumas das substâncias que se desprendem desta erva, suas flores e os seus frutos.

Calmante natural

Ao escutar o nome de passiflora se associa a calma e a tranquilidade.

Pois nos momentos de nervosismo, recorremos a ela porque é a receita preferida das nossas avós.

calmante avos

Um remédio que passa de geração em geração.

Incluso se sofremos uma perda ou estamos sobre muito stress, nos recomendam tomas umas colheres de passiflora para acalmar o animo.

Para que serve a Passiflora?

Dentro das propriedades da passiflora, podemos enumerar:

  • Relaxante muscular,
  • Ansiolítico,
  • Anti-séptico,
  • Sedante,
  • Analgésico assim como calmante de espasmos menstruais.
É realmente uma planta de inumeráveis usos com o adicionado de ser completamente natural, orgânico pelo que não tem nenhum efeito negativo, no obstante tem as suas restrições das quais falaremos mais para frente.

Benefícios da Passiflora

Reduzir o stress

As ervanárias, recomendam de olhos fechados para os sintomas de insónia para os adultos mais velhos, para a ansiedade, combater a angustia, o stress, e incluso acalmar o sofrimento por perdas de seres queridos.

stress

É quase uma regra tomar uma dose ou algumas gotas, quando estamos dos nervos…

Especialmente antes de uma entrevista de trabalho, exame, exposição, discurso ou quando defendas a tua tese na universidade.

Acalma os nervos

Para potenciar o seu efeito é aconselhável acompanhar com outros calmantes que não faça mau com os seu componentes.

Se temos algum conhecido ou familiar com ataques de pânico, taquicardia, situações que nervosas e fora do controle, o ideal é tomar a flor da paixão.

Considerado um calmante suave, pode ser usado em situações mais complicadas como o síndrome de abstinência seja de drogas, de medicamentos controladas ou do álcool.

Dolores de cabeça

Não é estranho que a ervanária receite para as pessoas que sofrem de enxaqueca, ou dores de cabeça focalizados pelas suas propriedades relaxantes muscular por que ajuda a diminuir a tensão que provoca este tipo de mau-estar.

Relaxante muscular

É perfeita para os espasmos, dor nas costas, dor no pescoço, problemas com o nervo ciático, contraturas, especialmente nos jovens, pois passam muitas horas com os telemóveis e os computadores.

Planta para o bem estar

  • É ideal para quando temos dificuldade para respirar
  • As dores abdominais são acalmados por ela igual que as dores de estômago
  • Se desejas aliviar tonturas, pressão sanguínea baixa e náuseas a passiflora é perfeita.

antioxidante

Não podemos obviar a sua qualidade antioxidante com o qual ajuda a eliminar os radiais livres que provocam o envelhecimento prematuro e o dano celular.

Contraindicações

A pesar de ser um  remédio natural, alguns dos seus componentes podem ser prejudicial durante a gravidez ou a lactação, assim como em crianças menores de 6 anos.

Não deve ser combinado com calmantes fortes como: clonazepam ou lorazepan.

Esta mistura em lugar de um alivio, seria um desastre, pois pode produzir desconcentração instabilidade e desorientação.

Se adverte igualmente não misturar com medicinas que reduzem a pressão arterial como losartán, vasotec, atenolol, amlodipino e lasix. Esta combinação pode provocar uma baixa da pressão.

Agora que já sabes, a próxima vez que estejas nervoso, toma remédio natural! 

Fontes Bibliográficas

  1. “Cultiva as tuas plantas medicinais” 2017. Mariano Bueno
  2. “Botequim das ervas medicinais” 2018. Guia para a elaboração de medicamentos naturais. Thomas Easly e Steven Horne
  3. Atlas ilustrado de “Plantas medicinais e curativas” 2011. Editorial Susaeta
  4. “Guia para principiantes de plantas medicinais” 2017. Rosemary Gladstar

Entradas Relacionadas

  • Conheces os benefícios das Folhas de Oliveira? Descobre neste link.
  • A Rosa Mosqueta nos aporta uma série de benefícios para a pele, continuar a ler...
Avaliação Passiflora

O que é - 100%

Historia - 99%

Propriedades - 100%

Benefícios - 100%

100%

HSN Evaluação: 4 /5
Content Protection by DMCA.com
Sobre María José García
María José García
María José leva vinculada ao mundo do desporto toda a sua vida. Desde criança começa e incluso compete em várias disciplinas desportivas, como a patinagem, natação ou ginástica.
Confira também
Berberina
Berberina: Um tratamento terapêutico polivalente

A berberina não é líder no ranking dos medicamentos terapêuticos mais conhecidos, para que é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *