Probióticos – O que são, Quais são os Benefícios para a Saúde

Probióticos – O que são, Quais são os Benefícios para a Saúde

Vamos conhecer porque os probióticos podem melhorar a nossa saúde intestinal e conseguir nos manter saudáveis. Com certeza deve ter ouvido sobre a importância de manter uma flora intestinal saudável, sendo também, um dos motivos chave que podem garantir a saúde do nosso organismo. Manter o equilíbrio da microbiótica é essencial para evitar que possam emergir um alto número de desordens que condicionem a nossa saúde, ou correr o risco de sofrer certas patologias.. 

O que é a Microbiótica?

A Microbiota intestinal, ou também chamada flora intestinal, é a população de micróbios e bactérias que vivem no nosso intestino, que apresentam uma alta implicação na saúde humana. Existem dezenas de trilhões de microorganismos, incluindo pelo menos 1.000 diferentes espécies de bactérias conhecidas com mais de 3 milhões de gens, residindo na flora intestinal. Um terço da nossa microbiota intestinal é comum na maioria das pessoas, enquanto dois terços são específicos por cada um de nós, ou seja, o nosso intestino é a nossa identidade individual.

Microbiótica intestino

A microbiota pode pesar até 2kg

Porque é necessário manter a nossa Saúde Intestinal?

Os microorganismos evolucionaram junto a nós formando uma parte tão integral da vida humana, onde realizam uma série de funções essenciais e estão implicadas na saúde e a doença. Existem vínculos entre a alteração destas populações bacterianas e as seguintes doenças ou patologías: inflamação crónica, doença auto imune, autismo, cancro, doença celíaca, saúde cardiovascular ou obesidade.

Importância MicrobioticaEsta colónia de microorganismo é as vezes conhecida como o “Órgão Esquecido”, existindo uma relação estreita dependente entre Saúde e Microbiótica

Função da Microbiótica

OS trabalho que cumpre a microbiótica são muito diversas, tais como a função nutricional ou imunológica:

  • Desenvolvimento do sistema gastrointestinal do recém nascido
  • Obtenção de energia dos nutrientes, devido a sua capacidade para fermentar os hidratos de carbono indigesto, promover a absorção de monosacáridos e o posterior armazenamento energético.
  • Manutenção do pH da pele e no cólon.
  • Aumenta a velocidade do transito intestinal.
  • Estimula a angiogénese.
  • No trato intestinal, interactua com o sistema imune, proporcionando sinais para promover a maturação das células imunes e o desenvolvimento normal das funções autoimunes.
  • Mudanças na composição podem contribuir o desenvolvimento da obesidade e do síndrome metabólico.
  • Protege contra o desenvolvimento da diabete tipo I.
  • Patologias ou doenças intestinais crónicas, são, e parecem estar relacionados com a alteração de microbiota inestinal.

Relação animo e microbiota

Conforme algumas investigações, o estado da microbiótica poderia modular o nosso comportamento e estado anímico, influindo na componente cognitiva

Factores que danificam Microbiótica

As nossa condutas e hábitos são os principais implicados e causas do porquê a nossa flora intestinal costuma se debilitar ou chegar a ficar doente, entendendo isto como uma descida na população bacteriana. E também conduzem a estabelecer, tal como indicamos antes, o nosso perfil único de microbiótica. Entre ditos factores encontramos:

Idade: a população mais jovem tem menos complexidade de diversidade bacteriana, enquanto os idosos favorecem a colonização do grupo de espécies bacteroides.

Dieta: o que come pode definir e alterar a tua microbiótica intestinal.

Remédios: a ingestão de antibióticos, como medida de cura, pode provocar também a eliminação de certos grupos de bactérias do intestino.

Exercício: como parte das adaptações, e a volta da homeostase, produzem certas variações na microbiótica, sobretudo, o de alta intensidade e de duração prolongada, amplificando os sintomas de stress oxidativo ou creatina.

Entorno: os contaminantes ambientais de diversas famílias químicas alteram a composição e/ou a atividade metabólica das bactérias gastrointestinais, o qual pode ser um fator importante que contribuem a moldar o microbiótico do individuo.

O que são os Probióticos?

São bactérias vivas e leveduras que residem no nosso corpo, e que são boas para a saúde, especialmente para o sistema digestivo. Ainda que a conotação de bactérias parece reflectir causa de doenças, neste caso, o seu significado é totalmente contrário: os probióticos são bactérias que ajudam a manter a microbiótica saudável.

O que são os Probióticos

Os Probióticos são bactérias similares as que se encontra no nosso trato intestinal

Função dos Probióticos

Favorecer a digestão

Os probióticos suportam o equilíbrio saudável da microflora no sistema gastrointestinal, suprimem o crescimento de bactérias nocivas e suportam a digestão saudável, melhorando a mobilidade intestinal. Isto confere uma função digestiva melhorada, em particular, para absorver eficazmente os nutrientes. Essas bactérias “amigáveis” ajudam os intestinos a produzir ácido láctico, ácido acético, peróxido de hidrogénio e outros compostos orgânicos necessários. Eles também participam da síntese da bilis e da secreção de suco gástrico.
Probióticos melhoram a absorção nutrientes

La absorción de: Vitamina B12, Hierro, Magnesio, Ácidos Grasos o Glucosa, se verá altamente beneficiada por la acción de los probióticos 

Proteção frente as Infecções

As bactérias probióticas e leveduras também melhoram a função do sistema imune, estimulando a secreção IgA e das células T reguladoras, mediante a síntese de enzimas que destroem bactérias e toxinas prejudiciais,

Função dos Probióticos

Principalmente, os Probióticos apoiam o trabalho de absorção de nutrientes e combater as infecções 

Questões práticas a considerar em desportistas

A maior parte de bactérias probióticas estudadas em indivíduos fisicamente ativos e atletas foram: Lactobacillus casei (o famoso L-casei), L-fermentum, L-acidophilus e L-rhamnosus. Os resultados não demonstram que nenhum deles seja superior ao outro, e por tanto, é difícil que as recomendações médicas e dietéticas para atletas estabeleçam umas formulações únicas de probióticos, recomendando que seja multi espécie.

Todos eles, em termos de suplementação desportiva, podem produzir pequenos efeitos benéficos na melhora ou manutenção da boa saúde como reduzir o risco de doenças respiratórias e gastrointestinal durante períodos de stress, alta carga de treino e competição.

Em qualquer caso, a revisão individualizada da dieta dos desportistas é um factor fundamental para conhecer que a exposição a probióticos é bem tolerada antes da competição.

Por tanto, de cara a uma competição, a administração de suplementos de probióticos deve começar pelo menos 14 dias antes para permitir um tempo adequado para a colonização de espécies bacterianas no intestino.

Para terminar, é mais frequente um aumento do risco de problemas gastrointestinais durante os Jet lag: relação com o desporto e a nutrição , em particular aos países com relacionados com problemas higiénicos dos alimentos (Ásia, América do sul e África ocupam lugares destacados). A suplementação profiláctica com probióticos para os indivíduos (não só desportistas) e os desportistas que viajam a estas regiões ou áreas poderiam formar parte de um plano de prevenção de uma doença geral, seguindo o mesmo protocolo de antecipação (14 dias).

Mortes por falta higiene

Tipos de Probióticos

Os probióticos mais comuns são espécies que pertencem aos grupos de Bifidocaterium, Lactobacillus e SaccharomycesLasctobacillus Acidophilus é uma das bactérias mais benéficas e conhecidas, utilizada como um suplemento probiótico. E também, estão as espécies de Lactobacillus casei, L.bulgaricus, L.sakei, L.plantarum, L.gasseri, L.reuteri, Lactobacillus GG e Lactobacillus LB. Bifidobacterium e S.thermophilus também são espécies recomendadas de probióticos.

Probióticos para a saúde

Propriedades dos Probióticos

Melhora o estado de animo

Esses microorganismos ajudam a saúde gastrointestinal no corpo humano, e é por isso que eles são elementos-chave em nossa saúde e bem-estar em geral. Isto é particularmente verdadeiro se considerarmos que muitas das doenças crônicas comuns começam no sistema digestivo.

Restaurar o TRato Intestinal

Com mais de 400 bactérias diferentes que vivem no trato gastrointestinal humano, as formas mais comuns de probióticos intestinais são L. acidophilus e Bifidobacterium bifidum. Essas bactérias atuam como agentes para restaurar o equilíbrio patogênico e hostil do intestino, como a bactéria Candida ou a E. coli.

Iogurte

O Iogurte é um alimento probiótico (mas o natural…)

Evitar Enfermedades

Quando as “boas bactérias” não estão suficientemente presentes no organismo, uma série de problemas de saúde relacionados à bactéria aparecem, como desconforto digestivo, dores de cabeça, letargia, irritabilidade, candidíase (um crescimento excessivo da bactéria Candida albicans).

Lactobacillus Acidophilus

É possivelmente o mais forte dos nossos combatentes probióticos. Estudos mostram que L. acidophillus é como um antibiótico natural que no nosso corpo que tem a capacidade de produzir uma ação antimicrobiana contra patógenos nos alimentos que ingerimos, o ar que respiramos e a reabsorção de elementos ambientais que entram em contato com nós… Stresse, estilos de vida pouco saudáveis ​​e, o mais importante, dietas pouco saudáveis, destroem nossas quantidades naturais de microorganismos probióticos.

O que são os Alimentos principais?

São alimentos modificados, com a particularidade de que algum dos seus componentes afecte a funções vitais do organismo de forma positiva. Oferecen benefícios para a saúde reduzindo o risco de sofrer doenças. Entre alguns alimentos funcionais, destacam os que contêm determinados minerais, Vitaminas, Guia de Ácidos Gordos Essenciais ou fibra alimentar, os alimentos aos que se adicionaram substâncias biologicamente activas, como os iogurtes com bifidus.

Alimentos Funcionais

O conceito de alimento funcional aglutina os grupos: Prebióticos, Probióticos e Simbióticos

Qual é a diferença entre Probióticos e Prebióticos?

Alimentos Probióticos

Os alimentos probióticos incluem microorganismos vivos, que quando são administrados em quantidades adequadas conferem um benefício para a saúde das pessoas. Estes microorganismos ajudam a 13 Melhores Alimentos para Reforzar tu Sistema Imunológico, e também, podem sobreviver à digestão chegando ao cólon intactos (vivos) e ajudando a restituir a flora intestinal que pode ter sido alterada por diversas causas.

Fontes de Probióticos

Os lácteos como o iogurte, o leite e o queijo de cabra são produtos com um alto conteúdo em elementos probióticos

Alimentos Prebióticos

Os alimentos prebióticos estimulam o crescimento e a actividade de bactérias benéficas na flora intestinal. Diferente das bactérias vivas dos probióticos, os prebióticos são somente substâncias sem vida que ajudam a potenciar os efeitos benéficos dos microorganismos probióticos. Os prebióticos provêm das fibras dos hidratos chamados oligosacáridos, que não são digeridos, pelo que permanecem no trato digestivo e estimulam o crescimento de bactérias benéficas.

Fontes de probióticas

Fonte de oligosacáridos incluem  frutas, legumes e grãos inteiros

Alimentos Simbióticos

Os alimentos simbióticos são aqueles que contém produtos prebióticos e probióticos. Contém um componente prebiótico que favoreça o efeito dos benéficos positivos dos compostos probióticos.

Alimentos Simbióticos.

Alimentos com Probióticos

No trato intestinal convivem tanto bactérias “boas” como “más”, numa percentagem superior as primeiras, e num rácio estável. Quando por diversas causas se modifica este equilíbrio, se produz o que se conhece como disbiose. Mediante a introdução de alimentos probióticos, podemos conseguir restaurar os níveis corretos. É notório os benefícios que induzem ditos alimentos, tais como: melhora da produção energética, melhor textura da pele, digestões mais fáceis, menor índice de resfriados, redução dos sintomas do síndrome do intestino irritável, e incluso, perda de peso.

Natto.

Natto é um alimento probiótico obtido pela fermentação de soja

Melhores Alimentos com Probióticos

Numa lista com os melhores alimentos que proporcionam probióticos, e que se recomendam pelo menos, vários deles, se encontram dentro da tua alimentação. Naturalmente, são alimentos que foram fermentados, ou seja, uma colónia de bactérias produziram a sua alteração e estrutura molecular, transformando em outros tipos de alimentos após a sua original (leite -< queijo/iogurte), com melhores propriedades, mais fáceis de digerir, com a presença de maior concentração de nutrientes…

  • Kefir, propriedades e benefícios para a saúde
  • O iogurte, um grande apoio para o sistema imune
  • Kombucha
  • Pão Massa Mãe
  • Picles
  • Natto
  • Tempeh
  • Sauerkraut ou chucrut
  • Kimchi
  • Miso

Como melhorar a sua Flora Intestinal?

Manter a integridade dos elementos com propriedades benéficas para a saúde deve ser uma tarefa ao que dedicar máxima atenção, o fim de evitar o risco de gerar doença ou patologias mais severas. Entre as acções que produzem uma alteração do correto ordem da nossa flora intestinal se encontram as seguintes, sendo cavalo de batalha, tratar com detidamente e reduzir a máxima de cada uma:

  • Químicos ou toxinas do ambiente
  • Excesso de Açúcar na dieta
  • Fármacos (antibióticos)
  • Alimentos Ultraprocessados
  • Stress continuado

Kefir antibióticos

O Kefir é um dos alimentos probióticos mais conhecidos e com importantes benefícios

Suplementos de Probióticos

Em ordem de melhor e balançar a flora intestinal, a opção de incluir probióticos em forma de suplemento cobra uma grande imrpotância. Como vemos, estamos expostos numa infinidade de agentes contaminantes e toxinas. E também, incluso as medidas e tratamentos dos alimentos, desde a sua recolhida, transporte, armazenamento, e venda, produzem uma alteração nas suas propriedades, onde uma grande maioria deixam de ser úteis (em aspectos relacionadas com o tema)

As pessoas que podem obter os máximos benefícios são as que padecem alguma Melhora no máximo o teu sistema imunológico com o Protocolo Autoimune, tal como colite ulcerosa ou Crohn.

Artigos Relacionados

Apreciação Probióticos

Digestões Melhores - 100%

Melhora o Aspeto da Pele - 100%

Melhora o Estado de Energia - 100%

Melhora a Prisão de ventre - 100%

Redução do Mau hálito - 100%

100%

HSN Evaluação: 5 /5
Content Protection by DMCA.com
Confira também
Como podemos melhorar a flora intestinal?

Se é susceptível as infeções ou as doenças crónicas, se está cansado de forma habitual …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *