Resiliência – A Habilidade Mais Importante da Tua Vida

Resiliência – A Habilidade Mais Importante da Tua Vida

O que é a Resiliência? A resiliência, de acordo com a RAE, é a capacidade de um ser vivo para adaptar a uma situação adversa

Hoje falaremos de adaptação e de resiliência. De como esta é a habilidade mais importante que podes desenvolver na tua vida.

No próximo post vamos analisar as diferentes formas de fazer que seja mais reseliente, embora devo dizer que o primeiro passo é entender o que é a resiliência em todas as tuas facetas.

Uma sociedade muito evolucionada e muito infeliz

Os seres humanos (e a maioria dos seres vivos) temos a peculiar tendência de evitar o sofrimento de todas as formas e maneiras que estão na nossa mão.

Onde aparece a dor, vás a ver um ser humano caminhando na direcção contraria…

resiliencia

Dor e sofrimento significam possibilidade de destruição, e os teus gens tem uma forte programação para conseguir o resultado contrario

Nos últimos aos, a  nossa sociedade deu salto agigantado em términos evolutivos (se bem não no apartado fisiológico, e sim no social, cultural e tecnológico) o que nos permitiu comunicar entre nós de formas que antes não teríamos imaginado, viajar a qualquer lugar do planeta no tempo recorde, produzir formas de energia mais sustentáveis e conseguir avances médicos que fazem que a esperança de vida se extenda mais e mais…

Nos sentimos vazios

Embora, a maioria de nós sentimos o nosso interior que algo esta em falta. A tristeza nos segue invadindo. O sentimento de “necessidade” ou de incompletude segue atormentando de vez em quando.

Nos iludiram com uma ideia de que o progresso, tecnológico e de outra índole, nos faria mais felizes. Más não foi o caso.

O resultado? Decepção, ansiedade e comprimidos

depressão

As depressões continuam crescendo, a venta de psicofármacos que multiplicam por momentos e a ansiedade é uma pandemia

A0 resiliência  tem algo a ver com tudo isto? O que é que nos falta?

A habilidade mais importante que podes desenvolver

Se és branco ou preto. Rico ou pobre. Inteligente ou não. Bonito ou feio. Forte ou débil. Mulher, homem, transsexual, bissexual, pansexual ou assexual.

Seja o que fores, a vida vai fazer que as coisas não sejam fáceis…

Em algumas pessoas, essas dificuldades podem no inicio e deixam sequelas para toda a vida. Em outras se dão na fase adulta e doí de outra forma. As vezes vemos o que vai acontecer. E outras não…

Más o comum denominador é este: farão as coisas sejam mais difíceis. E deves estar preparado para isso.

Umas vezes fazem que sejas mais forte e que sejas capaz de desenvolver essa habilidade: a resiliência. Outras não consegues, e a experiência deteriora a tua personalidade e o teu pessoal

Pode que a Vida…

  • Podes ser despedido do teu trabalho e não tenhas como suprir as necessidades da tua família.
  • Ou que algum ser querido um dia não esteja mais.
  • Os teus pais fiquem doente, e não possas fazer nada. É possível que tenhas que enterrar antes de tempo. Como também que tenhas um acidentes e não possas voltar a andar. Ou que um desalmado assassine algum familiar teu.
  • Pode que te envolvas em uma polémica e a tua reputação seja manchada.
  • Pode que todo esse trabalho para esse sonho tenha sido em vão.

ser resiliente

Neste caso, não tens mais remédio que Ser Resiliente

As bolachas podem ser muito variadas, mas virão. E enfiar a cabeça no buraco como uma avestruz não te vai salvar em nada

Enfrentar a Realidade

Todos os dias, embora não queiramos ver, morre gente inocente assassinada, adoecem crianças de 4 anos de doenças incuráveis, alguém tem um acidente que deixa incapacitado de por vida, o cancro aparece na vida de alguém ou há um ataque terrorista.

Cada maldito dia…

A natureza não é justa, e não pretendas que seja. Não entende de justiça. Sempre haverá pessoas más nesta vida, e boas pessoas doentes na cama de uma hospital.

realidade resiliencia

A pergunta é, o que vais fazer quando isso aconteça?

Estás preparado para que aconteça algo ruim? Achas que não vai acontecer contigo? Achas que é necessário ou conveniente fazer alguma coisa ao respeito agora que tudo vai bem e não tens nenhum problema? Algumas vez pensaste em algumas destas questões?

De frágeis a robustos

Depois de viver uma situação como a que acabo de comentar, existem várias respostas a circunstância adversa em questão, que varia muito de pessoa a pessoa.

Existem pessoas que aceitam a nova circunstância de forma humilde, curvam-se perante o facto e prosseguem com as suas vidas como podem.

Isso sim, debilitados pelo o acontecimento. As vezes tão debilitados que custa continuar com a sua vida habitual. Como se viveram com um peso nas costas o resto dos teus dias.

Outras pessoas desabam diante do facto

O desastre é tão grande que mão podem suportar e as suas defesas psicológicas não aguentam.

trauma peso

É o momento em que aparece a depressão, os transtornos de ansiedade ou a síndrome por stress pós-traumático, entre muitos outros problemas psicológicos derivados de uma circunstância vital adversa

De robustos a anti-frágeis

Más existe um terceiro grupo de pessoa que devemos prestar atenção. Se trata de pessoas que utilizam o facto adverso no seu benefício para sair reforçados

O autor Nassim-Taleb descreve de forma brilhante este conceito apoiando nos adjetivos frágil, robusto e resiliente:

  • Pensa que um objeto é frágil quando algum evento físico põem facilmente sua integridade no perigo.

Um exemplo qualquer é um jarro de cerâmica ou um cristal. Se o atingimos, ele parte-se.

  • Objeto é robusto quando resiste com bastante soltura aos golpes sem deformar demasiado.

Podemos falar do tronco de uma árvore ou de um muro qualquer. Até aqui bem

O que significa a Anti-fragilidade?

O conceito interessante desenvolve-se com a tese da anti-fragilidade

Para Taleb, uma pessoa torna-se frágil quando, como a hidra na mitologia grega, é capaz de utilizar o evento estresor e utilizar como agente hormético para torna-se mais forte.

antifragilidade

E falo da hidra porque como muitos sabem, quanto cortam a cabeça, depois crescem duas 

No próximo post desenvolvemos várias formas práticas de converter em uma Hidra e fazer que seja anti-frágil, utilizando a adversidade no teu benefício

Entradas Relacionadas

  • Ser forte mentalmente
  • Motivação Pessoal
Avaliação Resiliência

Afrontar a realidade - 100%

Ser forte mentalmente - 100%

Desenvolver novas capacidades - 100%

Adaptarse as mudanças - 100%

100%

HSN Evaluação: 5 /5
Content Protection by DMCA.com
Sobre Borja Bandera
Borja Bandera
Borja Bandera é um jovem médico dedicado as áreas de nutrição, exercício e metabolismo, que concilia a sua atividade clínica junto a sua vocação divulgativa e investigadora.
Confira também
Barritas dietéticas
Barritas Dietéticas – Como e onde escolher a mais adequada

Será que as Barritas dietéticas são todas iguais? As barritas dietéticas são tão populares que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *