O que necessitas saber sobre o Cinto Lombar

O que necessitas saber sobre o Cinto Lombar

O uso de cinto lombar é fundamental na prática de várias modalidades desportivas, como o halterofilismo, crossfit, powerlifting, entre outras disciplinas, que exigem levantamento de importantes cargas ou esforços levados ao limite, mas deves ter certas coisas em consideração.

O cinto lombar vai ajudar a manter o alinhamento das costas, o que pode ser muito benéfico se j´á tiveste uma lesão recente e pode ajudar a prevenir lesões futuras.

Por que razão se deve utilizar um cinto para levantar pesos

Os músculos da zona lombar e os que formam a faixa abdominal, são os principais envolvidos na estabilização do tronco durante os movimentos do levantamento de cargas pesadas, como os executados ao realizar exercícios de musculação com pesos.

Estes músculos também estão mais expostos a sofrer lesões com o levantamento de pesos.

Por que razão se deve utilizar um cinto para levantar pesos

Nesse sentido, deve ser utilizado um cinto lombar para proteger as zonas lombares e abdominais com o propósito de conseguir maior estabilidade, assegurar a correta execução e evitar possíveis lesões.

O cinto lombar é perfeito para dar pressão intra-abdominal adicional ao levantar muito peso, o qual permite maior potência em cada levantamento, mas não deves utilizá-lo sempre já que a musculatura pode eventualmente acabar por se debilitar.

Os cintos não servem apenas para te ajudar a levantar mais peso no ginásio, mas também te podem ajudar em outros momentos nos quais necessitas de levantar peso como por exemplo ao mover móveis.

Funções principais

A função principal do cinto lombar consiste em dotar de maior estabilidade a coluna vertebral durante os exercícios com elevação de pesos.

O cinto de pesos gera um aumento da pressão intra-abdominal, endurecendo a zona do reto do abdómen e a zona lombar, o que permite exercer mais força do mesmo modo que atua como um estabilizador externo para realizar o trabalho com maior segurança.

Por outro lado, o aumento da pressão intra-abdominal leva a diminuir a compressão que devem suportar os discos vertebrais, reduzindo o risco de sofrer lesões lombares ao levantar pesos.

Funções principais do cinto lombar

Esta é outra das funções principais do cinto.

Servir de apoio no momento de levantar pesos é outra importante função do cinto lombar, pois ajuda a melhorar o movimento durante o exercício.

Os atletas de alto rendimento e, cada vez mais o utilizador habitual que apenas se quer cuidar, utilizam este artefacto como elemento imprescindível, pois vai converter-se num ponto adicional de suporte em redor do tronco.

Que benefícios tem o uso do cinto lombar

A partir do uso do cinto lombar derivam importantes benefícios, como os que a seguir vamos mencionar.

  • Reduz a tensão lombar, pela compressão da cavidade abdominal.
  • O aumento da pressão intra-abdominal oferece mais apoio na parte inferior das costas, o que permite aos músculos eretores da coluna realizar menos esforço durante o exercício.
  • Ajuda a manter o alinhamento das costas.
  • Previne lesões: como hérnias discais e deslocamento de discos ao levantar peso.
  • Melhora o rendimento nos exercícios de musculação com pesos e outras disciplinas desportivas que incluam levantamento de cargas.
  • Reforça os músculos isquiotibiais, que facilitam a extensão da anca e a flexão dos joelhos. Pode também ativar os quadríceps, diminuindo a fadiga durante os treinos.
Para obter estes benefícios, deves conhecer os tipos de cintos disponíveis e escolher o que melhor se adapte às tuas necessidades de exercícios com pesos.

Tipos de cintes de musculação

Escolher um cinto de musculação constitui uma necessidade quando se introduz um aumento considerável na carga de pesos.

Existem três tipos de cintos de pesos com diferentes benefícios:

Cintos de fivela dupla e alavanca (Powerlifters): São de couro, pesados, caros (a partir de 60 euros os bons), muito resistentes e bastante complexos (os de alavanca necessitam de ser desmontados com chave de fendas para alterar o diâmetro).

fivela dupla e alavanca

As fivelas costumam ser duplas, mas existem de fivela única de aço de calibre mais grosso. Por este motivo são utilizados por powerlifters que movimentam pesos descomunais.

Cintos de fivela simples ou dupla (Weightlifters): São de um couro mais leve que um cinto de powerlifter e regra geral de apenas uma camaa (ao contrári dos dois anteriores). São mais largos na parte traseira do que na frente, costumam custar aproximadamente 20-50 euros e são os mais usados em qualquer ginásio.

fivela simples ou dupla

Existem de espessura mais estreita do que é habitual, utilizado principalmente para o press de banco, pois parece que interfere menos na capacidade do arco lombar, mas a diferença é mínima.

Neopreno e Velcro: Estes são os cintos que probavelmente é suficiente para 99% das pessoas que vão ao ginásio. São de algum tipo de tecido e o fecho mais comum é o velcro. As principais vantagens é que se ajustam exatamente ao perímetro desejado e que a fivela não incomoda em movimentos como agachamentos, peso morto, etc…, parece mais rentável escolher o número 2.

Neopreno e velcro

No entanto, o principal problema destes cintos é que o fecho de velcro degrada-se com o tempo e o tecido perde firmeza. Pagando os mesmos 20 euros que o anterior.

Para a decisão de comprar um cinto deves conhecer determinados critérios. Na seguinte secção deixamos informação útil sobre este assunto em particular:

O que tens que ter em conta ao comprar um?

Entre os aspetos a considerar, toma como prioritário o nível de carga a resistir e a técnica de execução, depois analisa o resto dos critérios.

Tipo de levantamento que pratiques

Diferenciamos aqui entre o uso para powerlifting e fitness, culturismo…

  • Powerlifting ou Weightlifting. Neste tipo de elevação é necessário inalar ar e expandir o estômago para conseguir o impulso. Geralmente é utilizado um cinto largo, consistente na sua forma, que limita o alargamento do abdómen.
  • Fitness. O atleta necessita de maior liberdade para realizar os movimentos sem interferência do acessório. Utiliza um cinto largo na parte posterior; mas consideravelmente estreito na frente.

Espessura

Geralmente a espessura varia entre 10 e 13 milímetros.

Quanto mais grosso seja o cinto, mais rígido será.

O mais fino é ideal para principiantes, enquanto que o de 13 milímetros é o adequado para levantamento de pesos a nível de alto rendimento, pessoas com experiência e competição.

Material

Os cintos lombares são elaborados em couro, camurça ou nylon.

  • Regra geral, os cintos em couro (mais rígidos e duradouros) e camurça são os apropriados para o estilo olímpico.
  • Os de nylon oferecem suporte, mas maior flexibilidade.

Fecho

Pode ser de fivela (de uma ponta ou ponta dupla) ou alavanca.

O fecho tipo alavanca é o mais prático, pois ao ajustar na posição desejada fica seguro.

Só deves saber que necessitas de uma ferramenta para o fixar.

Ajustamento

É importante que o cinto seja ajustado corretamente e seja cómodo (bom, realmente no momento do levantamento deves apertá-lo e sentir um leve desconforto, e depois de finalizado o levantamento deves desapertá-lo).

Usa uma fita métrica para medir a tua cintura e determina a largura que te corresponda.

Outras recomendações

O cinto lombar apenas deve ser usado quando são realizados levantamento de pesos que necessitam um suporte adicional ao que dão os músculos da zona lombar e abdominal.

Nestes casos que se justifica para dar estabilidade nos movimentos, de forma que seja segura a execução, minimizando o risco de lesões.

O uso habitual do cinto pode gerar um efeito contrário ao desejado.

Recomendações do uso do cinto

Ou seja, produzir a falta de treino dos estabilizadores da coluna, cuja consequência será uma disfunção ao efetuar os movimentos quando não temos o cinto.

Os cintos podem dar mais confiança para levantar mais peso, inclusive pode dar mais confiança para treinar mais duro durante mais tempo.

Bibliografia

  1. “Cómo comenzar a entrenar en musculación” Ginesangel Baez Baños 2015
  2. “Las dolencias de la espalda, hernia, lumbago, ciática, tortícolis” Dr. Philippe Maslo 2001
  3. “Programação e coordenação de atividades de fitness numa sala de treino polivalente” Alejandro Pereira Ortega e Sandra Rodríguez Ramos 2014
  4. Formação e experiência profissional e pessoal.

Entradas Relacionadas

  • Conheces a manobra de Valsalva? Apenas para utilizadores avançados: visitar post.
  • Como influi a massa muscular no Powerlifting? Vamos contar aqui.
  • Se queres saber mais acerca do Halterofilismo clica em este link.
Avaliação Cinto Lombar

Funções - 100%

Benefícios - 100%

Materiais - 100%

Conselhos no momento de comprar - 100%

100%

HSN Evaluação: 5 /5
Content Protection by DMCA.com
Sobre María José García
María José García
María José está ligada ao desporto desde criança quando entrou e até competiu em várias disciplinas desportivas, tais como patinagem, natação e ginástica.
Confira também
Dor Muscular, ou DOMS
O que Causa a Dor Muscular Depois do Exercicio?

Alguma vez pensate por qe motivo te dói o corpo no dia seguinte a treinar, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.