Earthing: Volta a conectar com a terra

Earthing: Volta a conectar com a terra

Antes de começar a falar do earthing convidamos-te a refletir sobre o seguinte: Já reparaste que nunca andamos descalços, como as crianças gostam de andar? Perdemos a nossa ligação com a terra?

As nossas atividades quotidianas requerem estar o dia inteiro calçado: durante o dia usamos sapatos formais, se formos ao ginásio, passear o cão ou ao parque, calçamos as sapatilhas.

Se for no inverno usamos botas e no verão sandálias. Quando chegar a casa optamos por sapatos, chinelos, sapatilhas, cholas, pantufas…

Decoramos o chão da nossa casa com tapete ou colocamos alcatifas ou utilizamos tapetes isolantes.

Juntamente com o disposto anteriormente passamos grande parte desta vida moderna, ligados a portáteis, computadores, televisão, telemóveis, todos eles condutores de eletricidade ou de energia.

Pela nossa saúde, é necessário restabelecer a nossa ligação à terra através do earthing ou grounding. mas o que é?, porque é que é indispensável para o bom funcionamento do nosso organismo?, em que é que consiste?

Terra

Iremos responder a tudo isto e mais alguma coisa, já!

O que é o Earthing?

Um pouco de história…

Tudo começou nos E.U.A. nos anos 90’, quando Clint Ober, que se tinha dedicado à T.V. por cabo e já estava reformado, escreveu o livro: Ligação à Terra, a Descoberta de Saúde mais Importante de Todas!

Ober, C. graças à sua experiência considerou que, se fizesse uma ligação dos cabos da televisão com terra conseguia suprimir a interrupção e restabelecer o sinal, então de que forma é que o corpo humano, que está repleto de eletricidade, de energia e emana vários sinais, pode ser ligado à terra?

Por estas razões, Ober, realizou uma série de experiências, para demonstrar que o seu desligamento à terra, era a causa das suas insónias, além disso conseguindo dormir profundamente.

Daí em diante, com a colaboração de Sinatra S., psicoteraupeuta e cardiologista, e Zuker M., criador das terapias alternativas e medicina homeopática realizaram vários estudos.

Neles, era avaliado o facto de a capacidade negativa da terra produzir um ambiente biológico e elétrico dentro do nosso organismo, que o estabiliza e contribui para o bom funcionamento de todos os seus sistemas.

Andar

Por exemplo: do sistema nervoso central, aparelhos como o respiratório, digestivo, circulatório, entre outros.

Aqui está o resultado das pesquisas: “Earthing: com os pés descalços”.

Earthing ou Caminhar descalços

Com o earthing pretendemos recuperar o hábito saudável de caminhar descalços, como o fazíamos antes do aparecimento do calçado.

NÃO queremos com isto dizer, que o uso de sapatos, nos seus diferentes modelos, seja algo mau, pelo contrário protege os nossos membros inferiores da contaminação do meio ambiente, doenças e tanto temperaturas tanto altas como baixas.

Só queremos destacar, que é saudável incluir a prática do earthing na tua rotina diária e mais adiante iremos explicar o motivo desta recomendação.

Esta palavra inglesa, traduzida para o espanhol pode ser entendida como: tomada, fazer ou ligar à terra.

De modo tal que o earthing ou grounding, convida a restabelecer a tua relação com a natureza, o elemento terra.

Conectar

Porque graças a este contacto eliminas do teu corpo, a energia estática que acumulaste durante o dia.

Em que é que consiste o Earthing?

Explicação Científica

Em física o átomo é considerado como a parte mais pequena da matéria e são agrupados para formar moléculas. Os átomos são constituídos por eletrões.

Se a estas partículas for aplicada uma força externa, os eletrões que se encontram na sua superfície, são libertados e ao realizar este processo, passam a ser denominados de eletrões livres.

O nosso planeta terra, está repleto de eletrões negativos e nós de carga positiva.

Este peso ou carga positiva é produzida, entre outros, pelos radicais livres, que são substâncias químicas instáveis, originadas pelo metabolismo do nosso corpo.

Pés

Depois de elaboradas, estas substâncias ou radicais apropriam-se, roubam ou retiram, partículas atómicas, provenientes de moléculas orgânicas, o que origina o envelhecimento prematuro, doenças cardiovasculares, diabetes, aumento do colesterol denominado mau e até o cancro.

De tal modo que o earthing ou grounding consiste em transferir a nossa eletricidade estática, estes radicais livres, à terra.

Quais são os benefícios da prática de Earthing?

Por estar ligado à terra, os eletrões livres que se encontram nela neutralizam os efeitos que produzem os radicais livres no nosso organismo.

Além dos danos celulares que estas substâncias químicas causam, encontram-se as inflamações, como a asma, a alergia ou qualquer atividade que afete o sistema imunitário, inclusive quando sofrem os sintomas do jet lag.

O earthing reduz as inflamações agudas e crónicas, estas últimas causadoras de doenças que são resistentes e perduram no tempo.

Eletrões como antioxidantes?

Perante o stress e o medo (ansiedade), o organismo reage com a produção, de forma excessiva, radicais livres que acabam por danificar tecidos saudáveis, o que provoca não só a inflamação mas também a dor.

Ao caminhar descalços os eletrões carregados negativamente, que se encontram na terra, apegam-se a estes radicais livres do nosso corpo, causando a estabilidade no organismo e bem-estar, uma vez que esta “colocação na terra” impulsiona ou reativa a autoregulação e autocura.

Praia

Ligar através dos pés

Podemos ligar qualquer parte do nosso corpo à terra, mas as partes mais “sensíveis” para este contacto, são os nossos pés.

O ponto exato encontra-se a meio destas extremidades, onde começa aquilo que é denominado coloquialmente de “ponte” do pé, por baixo das três “bolas” que se formam depois dos dedos intermédios.

É provável que não saibas como se chamam os dedos dos pés. Para nos explicar e devido à importância da explicação deste ponto, recorremos à podologia e descobrimos o seguinte:

  • O primeiro dedo do pé, o mais largo ou gordo chama-se hallux;
  • O segundo dedo denomina-se de digitus secundus pedis;
  • Os seguintes são conhecidos como o terceiro quarto e quinto (pequeno) dedo.

Tudo bem, debaixo do digitus secundus pedis, o terceiro e quarto dedo dos pés formam umas espécies de vultos naturais, precisamente depois deles, encontra aquilo que na acupuntura se denomina por rim 1 e é nesta zona que é realizado o intercâmbio dos eletrões negativos da terra pelos radicais livres que têm origem no nosso organismo.

Beneficios

Impressionante, não é?

Resumindo, entre os benefícios do Earthing podemos referir que:

  • Reduz as inflamações tanto crónicas como agudas.
  • Diminui as dores crónicas.
  • Aumenta as energias.
  • Melhora a qualidade e profundidade do sono.
  • Diminui as hormonas do stress (cortisol), o que reduz a tensão e proporciona tranquilidade.
  • Melhora o fluxo sanguíneo.
  • Controla a tensão arterial, muscular e a dor de cabeça.

Como praticar Earthing?

No mercado vais encontrar vários artigos criados para se ligar à terra, como colchas, salva camas, lençóis, tapetes.

Mas a forma mais prática, simples e económica é caminhar descalços, na areia, sobre as pedras, chão, pasto, relva…

A praia é um excelente lugar para esta prática mas se vivermos na cidade, devemos deitar as mãos àquilo que temos mais perto.

A erva ou pasto pela manhã, quando ainda está coberto de geada, desempenha a mesma função. De igual modo acontece com as montanhas.

Descalço

Se tiveres u, jardim, caminha nele e se não tens nenhuma destas opções por isso caminha pelo chão da tua casa.

Dedica somente trinta (30) minutos a realizar a atividade ao ar livre ou dentro da tua casa e sem calçado de nenhum tipo, podes hacer exercícios sentados no chão da tua casa, caminhadas num parque, ou deitar-te um pouco diretamente no chão e verás como ao alterar o teu estilo, melhora a tua saúde e qualidade de vida.

Bibliografia

  • “Earthing, the most important health Discovery ever?” Clinton Ober, Stephen T. Sinatra, M.D y Martin Zucker. Editorial: Basic Health
  • “Earthing com os pés descalços” Clinton Ober, Stephen T. Sinatra, M.D e Martin Zucker.
  • “A alma da saúde” Ricardo Eiriz. Editorial Sirio
  • “Energia o teu poder” Gaby Vargas. Editorial: Aguilar
  • “Beleza radical. Os seis pilares para a saúde integral” Deepak Chopra e Kimberly Snyder

Entradas Relacionadas

  • Correr na praia apresenta vários benefícios… continuar a ler.
  • Tudo o que precisas de saber sobre o Natural Running neste neste link.
Avaliação do Earthing

O que é - 100%

Origem - 100%

Benefícios - 100%

Como praticá-lo - 100%

100%

HSN Evaluação: 5 /5
Content Protection by DMCA.com
Sobre María José García
María José García
María José leva vinculada ao mundo do desporto toda a sua vida. Desde criança começa e incluso compete em várias disciplinas desportivas, como a patinagem, natação ou ginástica.
Confira também
Conselhos para Não Deixar de Treinar
Conselhos para Não Deixar de Treinar

Queremos dar-vos os principais conselhos para não deixar de treinar. Sempre com a máxima energia! …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *