CrossFit Importância do Trabalho Acessório

CrossFit Importância do Trabalho Acessório

Se já és um habitual neste desporto, sabes que esta disciplina desportiva se nutre de outras disciplinas, tal como é o caso da halterofilia, a ginástica desportiva e o atletismo (entre outros, já que não deixa de evoluir)

Trabalho Acessório para continuar a Progredir

Se queres ser bom neste desporto, ou ao menos estás realmente interessado em ver como melhora o teu rendimento, já te deste conta de que mais além das classes dirigidas (wods), terás que dedicar tempo a outro tipo de trabalho nas horas de open.

Dentro da longa lista de “tudo”, inclui-se o trabalho acessório

Pode parecer que há sempre que fazer squats com muito peso, ou PR de snatch, ou algo deste estilo para fazer um bom treino. Mas há outro tipo de trabalho, o acessório que, ainda que não pareça tão emocionante, é necessário para a tua progressão enquanto atleta.

Pull ups

Por que motivo se faz Trabalho Acessório no CrossFit?

O trabalho acessório pode desenvolver-se de diversas maneiras: levantamento de objetos estranhos, pontes de glúteo, elevações estritas com tempo… O objetivo do trabalho acessório é controlar o volume de trabalho, acrescentar densidade e intensidade ao treino.

Por exemplo, quando se inclui no programa o levantamento de objetos estranhos, o atleta pode melhorar a sua força pelo facto de se submeter a esse levantamento que pode ser um desafio desde diferentes ângulos. Isto provoca diferentes estímulos àqueles que se conseguem com o levantamento em barra, de maneira que provoca uma resposta a este estímulo, melhorando-o.

Muscle up

Benefícios do Trabalho Acessório no CrossFit

Ao incluir trabalho acessório diminui-se a quantidade de treinos de levantamentos clássicos com muito peso, e ao mesmo tempo liberta as articulações do atleta que costumam estar carregadas. Isto permite-lhe acrescentar mais volume de trabalho sem que isso suponha uma carga extra para as suas articulações.

O trabalho básico de levantamento de peso é importante para que o atleta melhore nesses movimentos, mas também é insuficiente. Porque se o atleta realiza constantemente os mesmos movimentos está basicamente a trabalhar sempre uma quantidade de músculos que são os que mais se utilizam nesses levantamentos. Mas, por outro lado, o resto de músculos que não intervêm diretamente e que são mais fracos, são os que não lhe permitem continuar a avançar.

Vamos dar um exemplo comum nas boxes:

Glúteo Inibido

Se um atleta ao realizar um agachamento vê como os joelhos não mantêm a sua posição e se dobram para dentro, pode fazer o levantamento, mas vai custar-lhe melhorar o seu agachamento se não melhora a força do glúteo médio. Um glúteo médio débil (ou ao menos não tão forte como é o agachamento do atleta em questão) é ele que provoca que os joelhos se dobrem. Se consegue encurtar esta diferença de forças, evidentemente nos estamos a referir ao aumento da força do glúteo médio, pode continuar a progredir nos agachamentos.

Movimentos por cima da Cabeça

Outros casos que costumam ser típicos, são a falta de força de ombros para estabilizar as barras por cima da cabeça. A ideia principal então é que o trabalho acessório nos facilite a postura correta que necessitam ter os músculos para fazer o movimento bem feito. E é a base para poder ter uma boa progressão (positiva e o mais afastada das lesões)

Exercícios mobilidade

Trabalha os teus Pontos Fracos

Na hora da verdade, não significa simplesmente aumentar a tua rotina acrescentando todo o tipo de trabalho acessório. Para trabalhar as debilidades do atleta, este vai ter de acrescentar trabalho acessório substituindo parte do treino tradicional. Não quer dizer simplemente acrescentar horas, mas sim rever a qualidade dos treinos. Nas aulas de base do teu programa de treino, acrescentar progressivamente o trabalho acessório mas sem que suponha maior sobrecarga que benefício.

Para definir o trabalho acessório, o atleta deve analisar os seus pontos fracos e tomar nota para poder enfocar corretamente as suas sessões de trabalho extra.

Reforçamos a ideia que, mesmo que não pareça tão interessante como fazer um grande agachamento, o trabalho acessório para fazer um bom agachamento é a melhor maneira de melhorar as tuas debilidades e ter uma boa progressão em termos de rendimento.

Se necessitas de ajuda para acrescentar exercícios acessórios, consulta o teu “coach” que vai saber guiar-te no teu caso específico. Não tenhas medo de perguntar, um bom “coach” estará sempre disposto para te ajudar.

Entradas Relacionadas

  • Benefícios de Mobilizar
  • Conselhos para Utilizar o Foam Roller
Avaliação Trabalho Acessório no CrossFit

Continuar a progredir - 100%

Por que motivo o fazer - 100%

Benefícios - 100%

Trabalho dos teus pontos fracos - 100%

100%

HSN Evaluação: 5 /5
Content Protection by DMCA.com
Sobre Anabel Ávila
Anabel Ávila
Anabel Ávila, por cima de tudo, destaca a sua visão do estilo de vida saudável priorizando a alimentação Paleo e a prática desportiva mediante CrossFit e assi garantir o estado de saúde.
Confira também
Crossfit fortaleza mental
CrossFit, Fortaleza Mental

De todos os treinos, é sabido que o treino de CrossFit é um treino que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *