Desmentimos a Mentira sobre o Ómega-3

Desmentimos a Mentira sobre o Ómega-3

Vivemos numa época onde somente “clicando” abre-se uma janela com conteúdos quase ilimitados sobre qualquer tema ou informação. Dita enciclopédia digital ou universo de informação, vai no bolso das calças ou na carteira, desde que acordamos, e acompanha-nos até irmos para a cama. Neste post desmentimos a mentira do Ómega 3

Conseguimos Informação Imediata

Hoje mais que nunca na história, a informação está ao alcance de qualquer pessoa, em breves milésimas de segundo. Porém, sempre irá prevalecer o sentido e o rigor de casa pessoa, para que, efetivamente, a informação que encontramos seja real, e não uma estafa com um certo interesse escuro atrás.

buscando informação internet

Contrastar Informação é necessário

Como se costuma dizer, “…quando uma mentira se repete 1000 vezes, converte-se em verdade...” Nada mais longe da realidade dentro do mundo do sensacionalismo e da mala práxis informativa. Logicamente, este pseudo-principio é aplicável a qualquer faceta da vida, cobrando especial importância no âmbito da publicidade, e em concreto da dinâmica que se rege uma atividade empresarial dentro do competitivo comércio.informação

Chama-se contrastar a informação, ou também aplicar um filtro objetivo

Origem do Problema

Há pouco, chegou-nos uma queixa ao Departamento de apoio ao Cliente, onde nos acusavam de que um dos produtos que temos em venda, o suplemento de Ómega-3, poderia ser nocivo ou tóxico para a saúde.

A argumentação dada, por parte precisamente de um dos nossos clientes, foi que tal como se havia difundido através dos meios digitais e redes sociais, a presença de acetato nas pérolas de ómega-3 iriam produzir um problema para a saúde…

Divulgação

Para isto, pode-se ver através de vídeos, como uma pessoa realiza uma prova com o óleo que contém a pérola de ómega, derramando sobre plástico e que após uns minutos, dito material começava-se a destruir.

Qualquer Youtuber pode realizar provas de laboratório na sua própria casa e, sem fornecer os conhecimentos necessários, realizar conclusões que até são difamatórias…

desmintindo mentira omega

 

Quem são as pessoas que aparecem no vídeo? Não se identificam normalmente, são médicos, nutricionistas? Tudo parece que foi montado com o único fim de proporcionar um conteúdo que deixa no ar muitas variantes.

É bastante curioso que vendo diferentes vídeos sobre as recomendações destas pessoas, com um autoproclamado título expresse em biologia ou química, são capazes de argumentar.

Para amostra um botão. Num dos vídeos, o autor do mesmo realiza o seguinte experimento:

  1. Coloca dois copos de plástico com água, e em cada um despeja o conteúdo de uma pérola de óleo de peixe ómega-3 de dois fabricantes.
  2. Quando termina, coloca o cronómetro a funcionar, enquanto nos explica os benefícios do ómega-3 para o nosso organismo.
  3. Após 3 minutos, pára o relógio, e mostra-nos como o copo que continha o óleo do fabricante ‘B’ degradou parte do mesmo e até se pode separar quase a metade.
  4. Enquanto, no caso do fabricante ‘A’, o copo está intacto
Qual é a conclusão desta pessoa? De acordo, o copo ao conter petróleo entre os seus aditivo, pode-se exemplificar como a nossa gordura. Então, pelo efeito do óleo de peixe de qualidade, a resposta será que derrete o material, relacionando este processo com os benefícios do ómega-3 para a gordura do nosso corpo.

Porém, em outros vídeos, pode-se comprovar como outros “youtubers” fazem conclusões totalmente diferentes…

É o livre arbítrio da informação, ou como de uma mesma “coisa” se pode inventar as versões que queiramos…

Alimentar a Mentira

Chegados a este ponto, podemos fazer a seguinte pergunta: E se este vídeo fosse verdade, ou seja, a aplicação do conteúdo da pérola de um pedaço de plástico, pensam que a legislação, através da exigente carta de certificados e estritos controlos sanitários, poderia deixar que aconteça?

Por outro lado, pode existir um interesse em manchar e desprestigiar o nome da marca mediante a invenção desta “mentira”? Quem pode estar atrás destas acusações dentro dos setores mais competitivos que existe? Porém, ditos indícios carecem de credibilidade alguma e a única coisa que provocam é alarmar o consumidor.

A nossa postura desde HSN

A nossa declaração foi firme: o nosso produto cumpre com ospadrões exigidos legalmente e não contém compostos nocivos para a saúde humana.

Conforme nosso conhecimento, o composto chamado “Acetona” é a origem deste problema. Neste sentido, asseguramos que o nosso produto não contém dito composto, como pode-se comprovar na Ficha Técnica do Produto(em espanhol)e Comunicado do nosso fornecedor (em espanhol) que anexamos*, e onde se confirma que o nosso produto não contém acetona e se explica de forma pormenorizada a reacção que certos óleos podem causar nos plásticos.

O óleo de peixe, pela sua natureza, dissolve certos tipos de plásticos, entre os que se encontra o Poliespan, sobretudo se estes óleos têm uma alta concentração de cadeias poli-insaturadas, como é o caso do produto que nos ocupa.

Esta propriedade, que é a típica destes tipo de óleos, e dos que em geral (dependendo das concentrações) não está relacionado com a presença de dissolventes químicos-sintéticos.

Máxima Transparência para o Cliente

Desde que começamos apostamos pela qualidade e transparência em todos e cada um dos nossos produtos, estando todos os nossos fornecedores devidamente homologados e todos os nossos produtos acorde com a legislação alimentar vigente para que apresentem as máximas garantias frente ao consumidor final.

Não vamos colocar a mão no fogo por ninguém, exceto claro, pelos nossos próprios produtos, os quais reiteramos que apresentam todos os controlos sanitários que a Lei exige e que dá conformidade para o consumo humano sem qualquer risco para a saúde.
Avaliação sobre este Post

Devemos nos informar bem - 99%

A divulgação de informação é gratuita, não é verdade - 100%

O Ómega 3 da HSN está verificado - 100%

Transparência na informação: nosso objetivo - 100%

100%

HSN Evaluação: 5 /5
Content Protection by DMCA.com
Sobre Carlos Sánchez
Carlos Sánchez
Carlos Sánchez é um apaixonado da nutrição e do desporto. Diplomado em Nutrição Humana e Dietética, sempre procura dar um sentido prático e aplicável nas diferentes teorias.
Confira também
leite de coco benefícios
Leite de coco – O que é, Benefícios e Propriedades

O leite de coco é uma bebida deliciosa e saudável. Elabora-se de forma totalmente natural, …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *