Descanso depois do Exercício: Tudo o que tens que Saber

Descanso depois do Exercício: Tudo o que tens que Saber

Todos sabemos por experiência pessoal ou por algum motivo nos foi transmitido, que cumprir um bom programa de exercício físico contribui para baixar de peso ou melhorar a massa muscular de acordo com o nosso objetivo, vencer desafios e superação pessoal, reduzir a possibilidade de sofrer doenças, como a diabetes tipo 2, hipertensão, problemas relacionados com o coração ou obesidade mórbida, entre outras. Mas sabemos realmente quanto descanso precisamos depois do exercício?

Quanto tempo temos de descanso depois de realizar exercício?

Pode-se descansar desde umas horas (no caso de atletas que façam sessões duplas) até 1, 2, 3 ou mais dias de acordo com as necessidades e tipo de treino.

Uma adequada rotina de treino ajuda-nos a manter agéis e ativos, assim como a preservar por mais tempo a massa muscular num nível saudável, naturalmente tomando em consideração a idade da pessoa.

Quanto tempo temos de descansar depois de realizar exercício?

Está demonstrado cientificamente que inclusivamente nos pode ajudar a que nos sintamos mais jovens por causa do estímulo das endorfinas e outros neurotransmissores que o cérebro emana graças aos exercícios.

Se te preocupa o teu progresso, continua a ler porque vamos responder à principal questão.

Como devemos descansar depois de treinar?

Geralmente, devemos repousar.

Não vamos realizar mais exercício até a nova sessão de treino que temos planeada. Não obstante, podemos realizar algum tipo de atividade de baixa intensidade que não nos comprometa a recuperação.

Por exemplo, um passeio.

Descansar depois de treinar

Tal como dizem os médicos: a diferença entre um medicamento e um veneno, é a quantidade da dose que consumamos, e é assim mesmo aquilo que se passa com o exercício físico.

Isto é, saber quando se deve descansar, que tipo de exercícios repetir e durante quanto tempo, é a diferença entre um corpo saudável e outro cujos músculos e articulações começam a sofrer as consequências dos excessos.

Quanto tempo demoram os meus músculos a recuperar?

A recomendação para alguém que deseje começar a praticar uma rotina de exercícios é a de que se dedique entre trinta e sessenta minutos.

Quantos dias se deve treinar por semana?

Entre três a cinco dias por semana está muito bem em termos médios.

O ideal é que passem umas 48 a 72 horas até que voltes a trabalhar esse mesmo grupo muscular.

A recuperação também é condicionada pela nutrição

Mas esta recuperação também é condicionada pela nutrição.

Se regressas de uma lesão, o tempo de recuperação é diferente, necessitamos de voltar a acostumar o corpo ao estímulo, portanto as dores musculares nestes casos costumam ser um tanto superiores e recomendamos recomeçar suavemente até que voltes ao ponto onde tinhas ficado.

O que se passa se faço exercício todos os dias sem descansar?

Para que o nosso corpo progrida, não é necessário treinar todos os dias a grande intensidade, mas sim o contrário.

Se cansas em excesso os músculos, vais chegar a um estado de excesso de treino que, longe de produzir benefícios, vai fazer com que fiques estancado, deixes de progredir e inclusivamente e muito provavelmente te lesiones. Clica aqui para mais informação.

Daí a importância de alternar o trabalho dos diferentes grupos musculares.

O que se passa se faço o mesmo exercício todos os dias?

Um efeito semelhante, não só não vais conseguir a melhoria que desejas, mas vais esgotar o músculo e, longe de evoluir, vai esgotar-se e terá muito maior facilidade para se lesionar.

Como exemplo, podemos falar do abdómen, uma zona que muita gente trabalha diariamente esquecendo-se de que necessita recuperar, como qualquer outro grupo muscular.

O que é o descanso ativo?

O corpo não é uma máquina, mesmo que alguns dos melhores atletas do mundo parece que o transformaram numa máquina. Há duas formas de recuperação dos músculos: a ativa e a passiva.

  • A recuperação passiva compreende o descanso completo da atividade que se realiza aproximadamente 24 horas.
  • A recuperação ativa supõe que se continue a trabalhar os músculos sem exercícios exigentes nem repetições demasiadamente forçadas.

Descanso ativo

Ou seja, o descanso ativo é esse período no qual descansas do teu exercício habitual, mas continuas a treinar de alguma forma com menor esforço e intensidade.

Como podes melhorar a recuperação dos músculos mais além das técnicas passivas e ativas?

Mesmo que o costume seja realizar o alongamento dos músculos antes de começar a rotina de exercícios, é muito útil fazê-los depois de concluído o treino.

Banhos de água quente e fria também são uma boa fórmula para contribuir para o relaxamento do corpo e da sua musculatura.

De que forma contribui uma boa alimentação?

A dieta de uma pessoa que treina, que começa a fazer desporto ou pensa dedicar-se a desenvolver uma vida na qual o exercício vai ter um papel fundamental, é muito importante por distintas razões.

  • Proteínas: constituídas por carnes brancas, principalmente, frango e peixes grelhados.
  • Carbohidratos: como arroz, pão, massa ou leguminosas. Saladas verdes, geralmente com uma boa dose de feijão verde, espinafres, acelgas, agriões, pepinos, etc., é oportuno considerá-la como um prato que não deve faltar. Todos os sumos de frutas devem ser naturais e preferivelmente preparados sem lhes adicionar açúcar refinado.

Treino

Uma alimentação adequada e correta contribui para que os esforços que se fazem para tonificar o corpo com exercícios físicos ofereçam um resultado mais eficiente.

Quantos dias devo fazer exercício e quantos devo descansar?

Idealmente, podemos treinar pelo menos 4 dias por semana e descansar os outros 3 (sendo pelo menos 1 ou 2 de descanso ativo).

Esta questão é um pouco individual, já que em função das condições da pessoa, vai admitir uma maior frequência (número de treinos semanais) do que outra. Do mesmo modo, de acordo com a distribuição do treino podem-se alternar os dias de treino e de descanso.

Por exemplo, numa rotina tronco-perna, treinamos trem inferior um dia, no dia seguinte o trem superior e depois descanso; repete-se duas vezes por semana, ficando 4 dias de treino e 3 de descanso.

De que forma recuperam os músculos depois do exercício?

Durante a noite, quando se faz descanso depois o exercício, são muitos os processos psíquicos e orgânicos que sucedem no teu organismo.

Daí a importância não apenas de dormir a quantidade de horas necessárias, mas também de descansar o tempo adequado sem sacrificar tempo deste crucial processo. Se queres saber até que ponto é importante, recomendamos visitar este link.

Tem em consideração que é precisamente durante a noite, enquanto dormes, que ocorre o lapso no qual acontecem importantes processos hormonais, mentais, orgânicos e de recuperação de tecidos, entre eles, claro está, o muscular.

De que forma recuperam os músculos depois do exercício?

Além disso, está cientificamente demonstrado que dormir bem agiliza o metabolismo, essa é outra das razões pelas quais descansar bem é crucial.

Fazer exercício disciplinadamente diariamente, com os períodos de descanso correspondentes, contribui para regularizar o processo de dormir tranquilamente em todas as etapas todas as noites, o que indica um benefício adicional de manter um adequado regime de trabalho físico.

Bibliografia

  1. “Teoría general del entrenamiento deportivo” V. N. Platonov 2001
  2. “El entrenador de éxito” Rainer Martens 2002
  3. “Bases del entrenamiento deportivo” Ysvetan Zhelyazkov 2001
  4. “Fisioterapia del deporte y el ejercicio” Gregory S Kolt y Lynn Snyder-Mackler 2003
  5. Fornecimentos pessonais

Entradas Relacionadas

  • Como acelerar a recuperação muscular? Conselhos e recomendações, fazendo click aqui.
  • Quanto tempo se deve descansar entre séries? Damos-te a nossa resposta em este post.
Avaliação Descanso Depois do Exercício

Importância do descanso - 100%

Descanso ativo - 100%

Excesso de treino - 100%

Recomendações - 100%

100%

HSN Evaluação: 5 /5
Content Protection by DMCA.com
Sobre María José García
María José García
María José leva vinculada ao mundo do desporto toda a sua vida. Desde criança começa e incluso compete em várias disciplinas desportivas, como a patinagem, natação ou ginástica.
Confira também
Tudo o que deves saber sobre a Resistência Muscular

Frequentemente os conceitos de força muscular e resistência muscular confundem-se entre si. E não é …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *