Cuidado com as Olheiras: Vamos contar-te os Melhores Remédios Caseiros

Cuidado com as Olheiras: Vamos contar-te os Melhores Remédios Caseiros

Um dos problemas mais comuns da estética facial é a presença de olheiras, estas sombras escuras debaixo dos olhos que podem aparecer em qualquer idade, por diversas causas.

Mesmo que na maioria das vezes as olheiras são produto de uma noite mal passada ou de se ter estado numa situação de esgotamento ou stress, também é possível que sejam o resultado de alguma doença.

Para as eliminar, existe uma grande variedade de possibilidades; o importante é determinar a origem do problema e seguir os conselhos mais eficientes a fim de conseguir que desapareçam definitivamente.

O que são as olheiras e por que razão aparecem?

As olheiras consistem em alterações na tonalidade da pele, debaixo das pálpebras inferiores.

A coloração que apresentam pode ser grisácea, azulada ou roxa.

O que são as olheiras

O mais frequente é que apareçam esporadicamente; no entanto, em algumas pessoas estão presentes quase de forma permanente.

Em princípio, a razão pela qual aparecem nas pálpebras inferiores obedece a que a pele desta zona é muito fina e sensível.

Além disso, nas pálpebras inferiores é menor a presença de colagénio, pelo que a pele estica com maior facilidade.

Como tratar as olheiras

Tudo isto provoca que os tons dos vasos sanguíneos se tornem evidentes quando se dilatam.

Regra geral as olheiras não representam um problema mais além do estético; mas em certos casos podem estar relacionadas com alguma condição que afete a saúde.

Causas das olheiras

  • Alterações hormonais: geradas pela gravidez e pela menstruação. Também alguns desequilíbrios hormonais podem estar relacionados com o aparecimento das olheiras.
  • Má alimentação: A alimentação incide em todos os aspetos da nossa saúde. No caso de um déficie na ingestão de alimentos que contêm ferro, pode produzir-se uma anemia que pode eventualmente ser a causa das olheiras.
  • Problemas circulatórios: considerando que a razão principal das olheiras é a dilatação dos vasos sanguíneos, os problemas de circulação podem ser a causa do seu aparecimento.
  • Retenção de líquidos: que pode relacionar-se com doenças de tipo auto-imune e processos de inflamação do corpo.
  • Fatores hereditários ou genéticos: pelo que algumas pessoas têm maior propensão do que outras no seu aparecimento.
  • Alergias: como resultado da exposição ou ingestão de algum alergéneo que ative a congestão dos vasos sanguíneos por debaixo dos olhos.

Tipos de olheiras

De acordo com a natureza do seu aparecimento, vamos ter diferentes tipos de olheiras:

Olheiras transitórias

  • São as mais comuns, causadas pela falta de descanso, stress ou cansaço. São caracterizadas por uma cor azulada e costumam desaparecer com o descanso.

Olheiras por perda de elasticidade da pele

  • Aparecem devido ao envelhecimento, exposição solar acumulada, excessiva gesticulação e desidratação da pele das pálpebras.

Olheiras de coloração

  • São consequência do aumento de melanina na pele das pálpebras, por causa da nossa genética ou por eczemas repetidos.

Olheiras profundas

  • São bastante notórias, pois formam um vinco que vai desde o canto interno do olho até à bochecha. Regra geral são produzidas por causa do envelhecimento.

Olheiras por problemas circulatórios

  • Devem-se à dilatação dos vasos sanguíneos ao ocorrer alterações na circulação sanguínea. A sua cor pode ser roxa ou azul.

Como as eliminar?

Se bem que é certo que é possível mitigar o contraste entre a cor das olheiras e a tonalidade natural da pele usando um corretor de olheiras, sempre será melhor eliminar este problema pela raíz.

Remédios caseiros

Existe uma grande variedade de tratamentos: desde métodos caseiros até intervenções médicas para casos mais complicados.

Em princípio o ideal é experimentar remédios simples que se podem fazer em casa.

Remédios caseiros para tirar as olheiras

  • Colocar saquinhos de chá verde nas olheiras, já que, graças às substâncias antioxidantes que possuem, reduzem a sua extensão.
  • Apoiar os dedos nas têmporas, fechar com força a pálpebra durante 10 segundos, repetindo esta operação por 5 vezes com cada olho para finalmente fechar ambos e relaxar o rosto durante um minuto.
  • Colocar rodelas de pepino sobre os olhos fechados, pois vão humedecer e relaxar a pele.
  • Aplicar compressas de água fria quando os olhos estiverem inchados.

Frio como remédio

Também podes colocar duas colheres no congelador e pressioná-las suavemente sobre os olhos. O frio é um bom descongestionante.

  • Colocar umas gotas de óleo de amêndoas no contorno dos olhos para relaxar a zona.
  • Dormir de barriga para cima com o objetivo de que o sangue circule melhor.
Além destas simples práticas, é importante ter em conta alguns outros conselhos para eliminar as olheiras.

Olheiras e papos nos olhos são o mesmo?

Tanto as olheiras como os papos nos olhos produzem efeitos antiestéticos na mesma zona.

Todavia, tratam-se de duas reações distintas geradas por causas distintas.

Ao tratar-se de papos por baixo dos olhos, estes não são mais que um inchaço produto da perda de tonalidade muscular na zona, com a posterior flacidez desta parte.

Papos nos Olhos

Regra geral aparecem por excesso de gordura ou toxinas na parte inferior das pálpebras, o que faz com que essa zona se inflame.

A principal diferença radica em que os papos surgem pela acumulação de substâncias, como líquidos e gorduras, enquanto as olheiras aparecem por alterações na coloração da pele.

Outros conselhos para eliminar as olheiras

De acordo com cada caso em particular, devem ser seguidas as recomendações dos especialistas.

No entanto, deixamos em seguida alguns tópicos que te vão ajudar nesse sentido.

  • Podes tratar as olheiras hiperpigmentadas com ativos despigmentantes que contenham retinol e antioxidantes, como a vitamina C e E.

Vitamina A da HSN

Vitamina A da EssentialSeries.

  • No caso das olheiras profundas, podes utilizar ácido hialurónico como contornos de olhos.
  • Para as olheiras por elasticidade, é aconselhável usar contornos de olhos com vitamina C e E, retinol ou ácido hialurónico. Pode ser combinado com tratamentos dermatológicos, como a radiofrequência.
  • As olheiras vasculares têm uma cor vileta. Podem ser utilizados tratamentos de oxigenação, como a carboxiterapia e também contornos de olhos com vitamina K.

Bibliografia

  1. Anotações e experiências pessoais.
  2. Belleza radiante. Mary Beth Janssen. 2003.
  3. Adiós bolsas de ojos y ojeras. www.adiosbolsasdeojos.com.
  4. Guía online para el cuidado de la piel completamente natural. Sushi Gupta.

Entradas Relacionadas

  • Conheces o Yoga Facial? Faz click aqui para o averiguar.
  • Luteína e os seus benefícios para os teus olhos. Visita este link.
  • Cuida do teu rosto com estes conselhos.
Avaliação Olheiras

O que são - 100%

Por que razão aparecem - 100%

Remédios - 100%

Conselhos - 100%

100%

HSN Evaluação: 5 /5
Content Protection by DMCA.com
Sobre María José García
María José García
María José leva vinculada ao mundo do desporto toda a sua vida. Desde criança começa e incluso compete em várias disciplinas desportivas, como a patinagem, natação ou ginástica.
Confira também
pele luminosa
Como conseguir uma Pele Luminosa?

A beleza a través do natural: as melhores tácticas para conseguir uma pele luminosa. Conseguir …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *