Os meus suplementos em definição: Picolinato de Crómio

Os meus suplementos em definição: Picolinato de Crómio

Hoje vamos falar de um novo suplemento que é utilizado em definição, e que talvez seja um tanto desconhecido, o picolinato de crómio.

Basicamente, é uma combinação de crómio e ácido picolínico. O primeiro é um mineral essencial que necessita o nosso corpo (podemos encontrá-lo na carne, peixe, batatas, brócolos e pão integral) e, o segundo, ajuda o corpo a absorver uma maior quantidade de crómio.

Por que razão tomar picolinato de crómio?

Principalmente porque o picolinato de crómio foi reconhecido como a melhor fonte de crómio que existe.

Este mineral essencial, ajuda o organismo a “gerir” a insulina, o qual faz com que receba melhor a glicose (engordar menos).

Isto irá favorecer a circulação sanguínea e a melhorar os níveis de açúcar no sangue.

Em época de definição, o picolinato de crómio pode ser um bom aliado, sobretudo em mudanças de dieta (de etapa de volume para a de definição), já que reduz consideravelmente o apetite, com o qual vais poder controlar a dieta com uma ajuda extra, sobretudo entre refeições, que inicialmente é o pior.

O uso mais habitual deste suplemento é para tratar a obesidade, a diabetes e o envelhecimento, assim como para ajudar no controlo dos níveis do colesterol total e da baixa densidade (LDL, ou colesterol mau).

O que é o crómio?

O crómio é um mineral essencial, um micronutriente que se encontra em pequenas quantidades nos alimentos (da ordem de 1 ou 2).

Do mesmo modo, o nosso organismo apenas necessita de pequenas doses para o normal funcionamento e apra as reações metabólicas dos macronutrientes: proteínas, gorduras e carboidratos.

Picolinato de Crómio e Saúde Cardiovascular

Controlo da glicose sanguínea e diabetes, saúde cardiovascular, controlo do peso e saúde do cérebro, são alguns dos benefícios conhecidos do crómio.

O crómio desempenha um papel importante no mecanismo de regulação na atividade insulínica sobre a quantidade de açúcar que ingerimos, ajudando a equilibrar a glicose no sangue e, portanto, a obter uma melhor resposta energética.

Devido ao seu papel sobre o metabolismo das gorduras, proteínas, carboidratos ye outros nutrientes, o crómio está associado ao grupo de elementos que podem contribuir para manter uma melhor qualidade de vida, longevidade e exercer um efeito positivo sobre a saúde do coração e demais sistemas relacionados.

Melhores fontes de crómio

Entre as fontes mais comuns onde o podemos encontrar, encontram-se:

  • Brócoli
  • Tomates.
  • Espinafres.
  • Cebolas.
  • Maçãs.
  • Uvas.
  • Batatas.
  • Cereais de grão inteiro.
  • Alho.
  • Laranjas.
  • Peru.
  • Vitela.
  • Fígado.
  • Feijão-verde.
  • Ostras.
  • Cogumelos.
Conhece mais sobre os alimentos com picolinato de crómio en el enlace

Sintomas comuns da falta de crómio

Um défice de crómio no nosso organismo pode dar lugar ao aparecimento de algum destes sintomas, ou padecer patologias relacionadas:

  • Alterações no apetite.
  • Alterações do peso.
  • Mau controlo da glicemia sanguínea.
  • Falta de energia ou fadiga.
  • Risco de apresentar níveis elevados de colesterol.
  • Mudanças de humor.
  • Leves sintomas de ansiedade.
  • Agravamento da saúde da pele, sistema ósseo e ocular.
  • Pior capacidade de concentração e falta de memória.
  • Insónias.

O que é o Picolinato de Crómio?

O picolinato de crómio é a combinação entre o mineral crómio e o ácido picolínico.

Apesar de o crómio ser por vezes combinado com outros ingredientes, costuma combinar-se com o ácido picolínico, pois ajuda o corpo a absorver uma maior quantidade de crómio.

O picolinato de crómio é vendido como um suplemento nutricional e é utilizado para prevenir a deficiência de crómio, que pode desenvolver-se como resultado de uma má alimentação, o stress e o envelhecimento.

Picolinato de Crómio e Reduzir o Apetite

Juntamente com a prevenção da deficiência de crómio, o picolinato de crómio tem uma influência positiva sobre algumas circunstâncias, como a supressão do apetite, a diabetes ou sobre os níveis elevados de colesterol.

Outro mecanismo de atuação do picolinato de crómio, é o de proteger o dano produzido pelos radicais livres e sobre a integridade do ADN no fígado e rins.

Benefícios do picolinato de crómio

Vamos em seguida descrever os vários benefícios que possui o picolinato de crómio a fim de melhorar o nosso estado de saúde:

Regular a glicose sanguínea

Um dos benefícios mais importantes do crómio é estabilizar a quantidade de açúcar no sangue.

Para tanto, existe uma pequena molécula denominada cromodulina, um olipéptido (união dos aminoácidos: aspartato, cisteína, glutamato e glicina) cuja função é a de potenciar a sinalização dos recetores insulínicos localizados nas células musculares. A insulina é uma hormona segregada depois de uma refeição, que atua na presença de glicose no sangue.

Com isso, o resultado vai ser uma melhor captação da glicose pelo tecido muscular e reduzindo em tal caso o nível elevado de insulina, assim como procurando a menor acumulação como gordura, desviando a glicose para a célula adiposa.

Um efeito benéfico derivado deste controlo glicémico, é que se pode melhorar a estabilidade da serotonina, repercutindo sobre um melhor estado anímico e mitigar sintomas depressivos.

Melhorar a sensibilidade à insulina

O crómio desempenha um papel fundamental no metabolismo de gorduras e carboidratos no corpo para produzir energia e foi estudado pelo seu efeito sobre a prevenção da diabetes. Com uma condição conhecida como resistência à insulina, os diabéticos não podem utilizar a insulina adequadamente.

As ações benéficas do picolinato de crómio estão relacionadas com o facto de que pode melhorar a ação de sinalização da insulina e reduzir a quantidade de açúcares que circulam na corrente sanguínea.

Dentro do organismo, o pâncreas liberta insulina quando os níveis de glicose no sangue aumentam.

Melhorar a sensibilidade à insulina

A insulina oferece estas moléculas de glicose às células do corpo para lhes proporcionar energia.

Mas as exigências constantes de insulina no pâncreas motivadas pela ação, geralmente, de refeições ricas em carboidratos, podem supôr a longo prazo uma degradação da funcionalidade deste órgão e do sistema relacionado, conduzindo a uma possível diabetes tipo II: os tecidos irão apresentar resistência à ação da insulina, além de que o pâncreas vai gerar muito menor quantidade, obtendo-se um estado de hiperglicemia sanguínea.

Depois de tomar o picolinato de crómio, a ação da insulina pode amplificar-se e, por fim, maior quantidade de glicose será eliminada do sangue e transportada para as células. Como resultado, os açúcares são decompostos mais rapida e eficientemente, deixando menos açúcares disponíveis para a produção de gordura.

Supressor do apetite

Assegurar-se que os níveis de açúcar no sangue se mantêm estáveis é uma parte importante da perda de peso, já que um excesso frequente de insulina no corpo desencadeia um ciclo de aumento de peso.

Esta é uma razão pela qual este suplemento é tão popular entre os atletas e culturistas, ou pessoas que trabalham duro para manter um ciclo programado de perda de gordura ou fase de definição.

Além do mais, o picolinato de crómio oferece um benefício adicional ao atuar como um supressor do apetite, e dos desejos de doce. Isto pode fazer que seja mais fácil seguir uma dieta baixa em calorias durante longos períodos de tempo, com um resultado final de perda de peso.

Colesterol

O picolinato de crómio pode ser também uma ferramenta para reduzir o colesterol e os triglicéridos.

O colesterol alto é um excesso de gordura na corrente sanguínea que pode acumular-se nas paredes arteriais, o que pode causar problemas cardiovasculares.

Saúde cardiovascular

O picolinato de crómio pode também beneficiar a saúde do coração, de acordo com um estudo publicado na edição de 2010 da “Pharmacological Reports”. Os investigadores examinaram os efeitos do picolinato de crómio na pressão arterial e na função vascular anormal.

Os seus resultados mostram que enquanto não afetem as medições da pressão arterial, o picolinato de crómio:

  • Promove o relaxamento dos vasos sanguíneos.
  • Melhoria do fluxo sanguíneo.
  • A taxa de recuperação do músculo cardíaco depois de um dano derivado de ataque cardíaco.

Suplementos de picolinato de crómio

A suplementação mediante picolinato de crómio pode ser tida em conta para aquelas pessoas cuja alimentação não é a ideal, onde são escassas as fontes mencionadas, ou então por problemas derivados da absorção do mineral; casos particulares que acontecem em pessoas de avançada idade.

Suplementos de picolinato de crómio

A melhor opção no momento de tomar um suplemento de picolinato de crómio é juntamente a uma refeição rica em carboidratos.

No entanto, é aconselhável que para melhorar os marcadores de saúde em certas pessoas e, sobretudo, para evitar possíveis problemas de peso, temos que reduzir a quantidade de carboidratos do tipo simples e processados, e optar pelos de cadeia longa ou complexos (tubérculos, quinoa, arroz integral, frutas e verduras), e é muito importante o fornecimento de fibra.

A ação do picolinato de crómio pode ser inclusivamente melhorada no caso de ser combinada com canela, sobretudo para haver maior capacidade para o controlo da glicose e reduzir o apetite.

Como tomar o picolinato de crómio?

A suplementação para tratar os sintomas mais agudos, tal como o controlo da glicose ou suprimir o apetite, podem alcançar os 600mcg diários, divididos durante o dia em doses mais pequenas: 200mcg.

Normalmente, vamos ingerir o picolinato juntamente com aquelas comidas que contêm carboidratos por causa da sua interação com o metabolismo da glicose.

Contra-indicações

Recomenda-se consultar um médico em qualquer caso de dúvida sobre a interação do picolinato de crómio e outras substâncias:

  • Antiácidos.
  • Medicamentos para a tiróide.
  • Antinflamatórios não esteroidais (AIND).
  • Outros suplementos ou extratos de plantas com conteúdo em crómio.
  • Ferro.
  • vitamina C.
  • Zinc.

A minha recomendação

O picolinato de crómio que estou a usar atualmente é: picolinato de crómio da EssentialSeries, o qual nos fornece 200 microgramas, e podemos tomar até 3 vezes ao dia, coincidindo com as refeições principais.

Picolinato de Crómio da EssentialSeries

Picolinato de Crómio da EssentialSeries.

Fontes Bibliográficas

  1. Ciubotariu D, Nechifor M, Dimitriu G. Chromium picolinate reduces morphine-dependence in rats, while increasing brain serotonin levels. J Trace Elem Med Biol. 2018 Dec;50:676-683. doi: 10.1016/j.jtemb.2018.06.025. Epub 2018 Jun 30.
  2. Attaran S, Yokoyama W, Pan J, Berrios JJ. Influence of extruded lentil containing high chromium nutritional yeast on the main physiological factors associated with metabolic syndrome in rodent models. Food Funct. 2018 Oct 17;9(10):5238-5244. doi: 10.1039/c8fo00612a.
  3. Orhan C, Tuzcu M, Deeh PBD, Sahin N, Komorowski JR, Sahin K. Organic Chromium Form Alleviates the Detrimental Effects of Heat Stress on Nutrient Digestibility and Nutrient Transporters in Laying Hens. Biol Trace Elem Res. 2018 Aug 21. doi: 10.1007/s12011-018-1485-9.

Links Relacionados com a temática:

Avaliação Picolinato de Crómio

Fontes de crómio - 100%

Propriedades picolinato - 100%

Supressão do apetite - 100%

Eficácia - 100%

100%

HSN Evaluação: 5 /5
Content Protection by DMCA.com
Sobre David Diaz Gil
David Diaz Gil
Em cada um dos geniais artigos, está depositada a essência da experiência além do rigor científico, como assim acreditam a David Díaz Gil.
Confira também
Capsaicina
Capsaicina – Para a perda de peso e alívio da dor articular

A capsaicina combate a acumulação de gordura corporal, além de inibir a sensação de dor …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.